Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Março de 2017 | 18h02 - Actualizado em 13 Março de 2017 | 18h12

Benguela: Casa-Ce recruta delegados de lista na Ganda

Ganda - Oitocentos delegados de lista foram recrutados desde Fevereiro último, pela Casa-Ce, no município da Ganda, província de Benguela, para trabalhar nas assembleias de voto, afirmou hoje, segunda-feira, o secretário municipal da coligação eleitoral, Virgílio de Carvalho Eliseu.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arquivo:CASA-CE:

Foto: Rosário dos Santos

Em declarações à Angop, o político disse que o recrutamento foi por fases, e beneficiam agora de formação duas vezes por mês, tendo sido formados já 80 delegados de lista.

Revelou que, no quadro da preparação das eleições gerais de Agosto próximo, a sua coligação traçou já um programa que desenvolve com diversas actividades de campo, que visa a mobilização do eleitorado para aderir ao processo de registo eleitoral e o recrutamento de novos membros porta a porta, visando o fortalecimento das estruturas de base.

“A maior parte do eleitorado da Ganda está constituído por jovens que se revêm nas políticas da Casa-Ce, daí o envolvimento no processo de actualização de dados e novo registo, incentivando as pessoas a afluírem os postos de registo eleitoral.

Avançou que, a população está a aderir ao processo para primar para uma mudança, cuja Casa-Ce está a trabalhar, indo ao encontro do cidadão, ouvir e partilhar as suas preocupações quer nos mercados, campos desportivos e nos locais onde há maior aglomeração populacional.

Apelou ao engajamento dos militantes na mobilização dos amigos, simpatizantes e amigos eleitores, visto que o campo urbano da Ganda constitui um bastião da Casa-Ce.

“Daí maior aceitação por estarem as estruturas de base e intermedias implantadas nas comunas da Babaera, Ebanga, Casseque e Chicuma", afirmou.

Consta do plano estratégico da campanha de mobilização de cidadãos eleitores, ouvir, ver e partilhar suas preocupações, visitas de controlo e ajuda às comunas, encontros com a sociedade civil, palestras, actos políticos de massa, obedecendo as orientações superiores.

O posicionamento da campanha da Casa-Ce em relação ao discurso da concorrência, vai centralizar-se no actual estado social dos cidadãos, manifestando-se convicto em ganhar as eleições em Agosto próximo, numa realidade diferente as anteriores do eleitorado.

Leia também