Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

19 Março de 2017 | 23h30 - Actualizado em 19 Março de 2017 | 20h46

Malanje: OMA destaca importância da participação das autoridades tradicionais no registo eleitoral

Luquembo - A secretária provincial de Malanje da Organização da Mulher Angolana(OMA), Joana de Jesus, considerou hoje, domingo, ser importante a participação das autoridades tradicionais na tarefa de sensibilização dos cidadãos para o registo eleitoral em curso no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Falando num acto de massa que congregou autoridades tradicionais da comuna de Kimbango, município de Luquembo, a responsável da OMA fez saber que cada soba tem alguma responsabilidade para com o país e a sensibilização da população para cumprir com os deveres cívicos e de cidadania indicados pelo Estado.

Por esse facto, Joana de Jesus realçou que cada autoridade tradicional deve mobilizar o cidadão da sua aldeia, sector ou regedoria, que ainda não fez o registo eleitoral, no sentido de o fazer porquanto o processo termina já dentro de dias e é a primeira condição que garante o exercício do voto.

Por outro lado, a política apelou aos sobas e outros munícipes que já tenham actualizado os dados ou feito registo eleitoral, a fim de conservarem bem os devidos cartões, sob pena de extravio e consequentemente não poderem votar nas eleições de Agosto próximo.

A estada da secretária da OMA na comuna de Kimbango, enquadra-se na jornada de trabalho que visa a sensibilização da população para o registo eleitoral, no âmbito da pré campanha eleitoral do Mpla, que a mesma vem desenvolvendo há quatro dias pelo interior da região songo, que compreende os municípios de Cambundi-Catembo, Luquembo e Quirima.

A jornada terminou hoje (domingo) no município de Cambundi-Catembo, onde a responsável da formação política feminina do MPLA, manteve igualmente encontros com as militantes da sua formação e com as autoridades tradicionais locais.

Leia também