Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

20 Março de 2017 | 19h39 - Actualizado em 20 Março de 2017 | 19h15

Angola: Enaltecida importância do Centro Nzoji na formação de filhos de ex-polícias

Luanda - O director do centro Polivalente Nzoji, comissário Orlando Alves, realçou nesta segunda-feira, em Luanda, a importância desta instituição no ensino e educação de menores órfãos afectos a membros da Polícia Nacional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao falar na cerimónia das festividades do 13º aniversário da criação do referido centro, o oficial comissário declarou que os petizes internados no Nzoji perseguem duas finalidades: a educação e o ensino, para que possam ter um futuro promissor.

Segundo o comissário Orlando Alves, a educação e o ensino complementam-se, para quem os petizes devem encarar esses dois pressupostos com muita responsabilidade de modo a contribuírem para o desenvolvimento da sociedade.    

Lembrou que o centro polivalente Nzoji já formou muitos ex-filhos de funcionários do Ministério do Interior e que hoje também são polícias.

Em declarações à Angop, Zenilson da Costa Júnior e Liúde Ambrósio Félix, 12 e 14 anos, respectivamente, afirmaram que encontraram no centro polivalente Nzoji uma nova forma de encarar os desafios da vida em sociedade.

Aos petizes lhes têm sido cultivada as normas de boa educação e ensino, aliado aos princípios da doutrina castrense, fundamentalmente no que tange a ordem unida.

Elogiaram o trabalho da nova direcção do Centro Nzoji, liderada pelo comissário Orlando Alves. “Ele tem sido um verdadeiro pai para nós. Desde a sua entrada aqui tudo mudou, desde alimentação e outras condições de educação e ensino (…)”.  

O petiz Zenilson Júnior, que franqueou as portas do Nzoji com apenas 9 anos de idade, manifestou a sua satisfação por se encontrar no referido centro.

O seu progenitor, ex-polícia trânsito, faleceu há seis anos e diz que foi graças aos esforços envidados pela mãe para o colocar nesta instituição de ensino. Sonha ser polícia de Intervenção rápida.   

Já Liúde Ambrósio Félix, 14 anos, órfão de pai e mãe, diz que futuramente pretende ingressar nos quadros do Serviço de Investigação Criminal.   

O 13º aniversário do Centro Polivalente Nzoji foi marcado por várias actividades sócio culturais em que foram intervenientes os próprios petizes.

O Centro "Nzoji", palavra que traduzida para português significa Sonho, foi inaugurado em Março de 2004 pelo ex-primeiro-ministro, Fernando da Piedade Dias Dos Santos, e localiza-se na comuna de Nguengue, município de Viana (Luanda).

Para este ano lectivo estão matriculados 266 alunos, nomeadamente do ensino primário e Iº ciclo do ensino secundário.

Com capacidade para albergar mais de 500 crianças, a instituição está subdividida em duas áreas, nomeadamente um colégio para formação académico-profissional e um campo agro-pecuário, cujos productos destinam-se ao reforço da dieta alimentar dos petizes.

Assuntos Polícia Nacional  

Leia também