Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

08 Abril de 2017 | 15h18 - Actualizado em 08 Abril de 2017 | 15h18

Angola: CASA-CE quer valorização dos antigos combatentes

Luanda - O presidente da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), Abel Epalanga Chivukuvuku, pediu neste sábado, em Luanda, a valorização dos antigos combatentes, principalmente aqueles que lutaram pela independência nacional, independentemente do movimento a que pertenceram.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Abel Chivukuvuku, Presidente da CASA-CE

Foto: Clemente dos Santos

O político discursava no acto de massas alusivo ao quinto aniversário da criação da CASA-CE, assinalado a 3 de Abril e de apresentação à população de Luanda da sua candidatura, por esta formação política, à presidente da república às eleições gerais previstas para este ano.

Ao dirigir-se aos  jovens, o politico apelou para  lutarem pelos seus objectivos e não deixarem de sonhar alto.

Disse que os jovens devem acreditar nas suas capacidades, “pois  só aquele que acredita em si consegue alcançar os objectivos, por essa razão devem procurar com responsabilidade tornar possível os seus projectos”.

A Convergência Ampla para a Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE) é uma aliança política em Angola criada a 3 de Abril de 2012.

Os membros incluem o Partido da Maioria da Aliança Livre Angolana, o Partido Angolano do Pacífico, o Partido pela Democracia e Desenvolvimento em Angola-Aliança Patriótica e o Partido Nacional de Salvação de Angola.
 
Concorreu as  eleições gerais de 2012, tendo obtido oito deputados na Assembleia Nacional tornando-se na terceira força politica em Angola atrás do MPLA  e da Unita.

Assuntos Angola   CASA-CE  

Leia também