Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

20 Abril de 2017 | 20h30 - Actualizado em 20 Abril de 2017 | 20h30

Angola: MAT denuncia UNITA por duplo registo eleitoral

Luanda - O partido UNITA orientou o seu militante Ernesto João Manuel, para efectuar o duplo registo eleitoral, de modo a provar eventual falha do sistema usado no processo, denunciou o Ministério da Administração do Território.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Adão de Almeida - Secretário de Estado para os Assuntos Institucionais

Foto: Francisco Miúdo/Arquivo

A revelação foi feita pelo secretário de Estado para os Assuntos Institucionais, Adão de Almeida, durante um encontro entre representantes do Ministério da Administração do Território com representantes de partidos políticos, para apresentação do relatório provisório sobre os dados do registo eleitoral.

“O cidadão Ernesto João Manuel, que fez o duplo registo e que foi usado pela UNITA como prova de alegada falha do sistema, é militante deste partido e membro da comissão eleitoral do município da Quissama”, disse.

Adão de Almeida informou que os dados indicam que o cidadão Ernesto João Manuel fez o primeiro registo no município do Icolo e Bengo e o segundo no município de Belas.

O secretário de Estado lembrou que o duplo registo é crime, nos termos da Lei Eleitoral. “Cada cidadão só pode registar-se uma vez”.

O encontro foi orientado pelo ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, e agregou representantes dos partidos MPLA, UNITA, CASA-CE, PRS, PDP-ANA e Aliança Patriótica Nacional.

O processo de registo eleitoral, que abrangeu o cadastramento de novos cidadãos e a actualização dos dados eleitorais, decorreu de 25 de Agosto de 2016 até 31 de Março de 2017.

Assuntos Eleições  

Leia também
  • 20/04/2017 15:30:54

    Zaire: Autoridade tradicional almeja comportamento cívico nas eleições

    Mbanza Congo - O chefe das autoridades tradicionais de Mbanza Congo, província do Zaire, Afonso Mendes, aconselhou hoje, quinta-feira, nesta cidade, as forças políticas nacionais a assumirem um comportamento cívico e de respeito pela diferença, antes, durante e depois das eleições.

  • 19/04/2017 12:01:12

    Huíla: JMPLA na Matala exortada a divulgar o perfil de João Lourenço

    Matala - Os jovens militantes da JMPLA na Matala, província da Huíla, devem cumprir com a missão de divulgar a imagem e o perfil do candidato do MPLA a Presidente da República às próximas eleições, João Gonçalves Lourenço, apelou hoje quarta-feira, nesta localidade, o primeiro secretário local da organização juvenil, Domingos Matroquela.

  • 18/04/2017 22:30:56

    Bié: Província é a sexta maior praça eleitoral do país

    Cuito - A província do Bié figura-se na sexta maior praça eleitoral do país, com 541 mil e 738 eleitores, depois de Luanda, Huila, Huambo, Benguela, Cuanza Sul e Uíge.