Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

21 Abril de 2017 | 13h21 - Actualizado em 21 Abril de 2017 | 18h20

Angola: Termina sessão do Comité Central do MPLA

Luanda - A primeira sessão extraordinária do Comité Central do MPLA terminou nesta sexta-feira, no Complexo Turístico do Futungo II, em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Membros do Comité Central do MPLA

Foto: Cortesia de Francisco Bernardo Ediçoes Novembro

Os trabalhos da sessão foram orientados pelo Presidente do partido, José Eduardo dos Santos, e versaram sobre questões ligadas à vida interna do MPLA e de Angola.

Na abertura dos trabalhos, José Eduardo dos Santos defendeu o aperfeiçoamento da organização, como a peça chave para o êxito do partido, principalmente neste período em que o país se aproxima das eleições gerais, que vão determinar o futuro da nação nos próximo anos.

Sublinhou que a estruturação pretendida permitirá alcançar maior eficácia, optimização na execução das tarefas partidárias e dos índices de confiança por parte dos eleitores, em geral.

Por outro lado, disse que na actual situação económica e financeira do país, se tem dado particular atenção ao controlo da inflação e a estabilização das reservas internacionais líquidas.

Estas medidas, acrescentou, estão aliadas a aceleração do processo de redução da dependência externa na aquisição dos bens essenciais, entre outras que conduzam à diversificação das receitas fiscais.

Referiu que, neste momento, existem duas razões para confiar numa trajectória descendente da inflação, que já se situa próximo de valores satisfatórios, numa variação mensal dos preços não superior a 1,5 porcento.

Acrescentou que a canalização meticulosa dos recursos cambiais para a importação de bens de primeira necessidade e dos insumos necessários para a produção de outros, tem permitido uma redução sensível dos preços de bens da cesta básica.

De acordo com José Eduardo dos Santos, foram definidas medidas concretas para estimular o fomento da produção nacional, com vista a reduzir paulatinamente as importações dos bens que podem ser produzidos internamente e a sua diversificação, bem como as exportações.  

Realçou que o quadro actual, de predominância de bens importados, impede de momento a adopção de medidas cambiais e monetárias clássicas como uma desvalorização da moeda nacional, para protecção das reservas nacionais, e uma subida das taxas de juro para suster a inflação que de aí pudesse advir.

Explicou que o efeito combinado dessas medidas iria desacelerar o investimento privado e indispensável à diversificação sustentável da economia nacional.

Assuntos MPLA  

Leia também
  • 21/04/2017 16:42:24

    Angola: MPLA quer eleições em clima de tolerância política

    Luanda - O Comité central do MPLA aconselhou nesta sexta-feira, em Luanda, os cidadãos nacionais a promover o espírito de concórdia para que as próximas eleições decorram, previstas para Agosto, decorram num clima de tolerância política e de respeito pela diferença e convicções de cada um.

  • 21/04/2017 15:53:57

    Angola: Candidato do MPLA a Presidente da República desloca-se ao Cunene

    Luanda - O candidato do MPLA a Presidente da República, João Lourenço, deslocou-se na tarde de hoje, sexta-feira, à província do Cunene, onde sábado (23) será apresentado aos militantes, simpatizantes e amigos do partido, num acto de massas.

  • 21/04/2017 11:36:18

    Angola: MPLA quer melhor organização para alcance de vitória expressiva nas eleições

    Luanda - O MPLA se propõe melhorar a sua organização interna para obtenção de uma vitória expressiva nas eleições, que garanta a implementação do seu projecto de sociedade, de unidade nacional e de desenvolvimento económico, político e cultural, declarou hoje (sexta-feira), o líder do partido.