Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Maio de 2017 | 19h06 - Actualizado em 12 Maio de 2017 | 19h05

Angola: CASA-CE entrega candidatura no Tribunal Constitucional

Luanda - A Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE) entregou hoje, sexta-feira, a sua candidatura às eleições gerais de 23 de Agosto próximo, ao Tribunal Constitucional (TC).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

CASA-CE formaliza entrega da candidatura no TC

Foto: Nelson Malamba

A candidatura foi entregue pela mandatária da coligação, Cezinanda de Kerlan Xavier, na presença do juiz conselheiro do Tribunal Constitucional, Caetano de Sousa.

Em declarações à imprensa, após a entrega, a mandatária Cezinanda de Kerlan Xavier afirmou que a coligação apresentou mais de 18 mil assinaturas recolhidas nas 18 províncias do país.

Explicou que a demora na entrega se deveu a espera pelas decisões do Conselho Deliberativo Nacional da referida força política.


A coligação CASA-CE tem como cabeça de lista o presidente Abel  Chivukuvuku, seguido de Mendes de Carvalho  (Miau) e congrega um total de 220 candidatos a deputados à Assembleia Nacional pelos ciclos nacional e provinciais, entre titulares e suplentes.


A CASA-CE é uma coligação que congrega os partidos políticos PALMA, PADA, PNA e PNSA, PDP-ANA e Bloco Democrático.


A CASA-CE  é a quinta formação política a formalizar a candidatura no Tribunal Constitucional. Primeiro foi o MPLA, seguido da UNITA e da Aliança Patriótica Nacional (APN), FNLA.
 

Assuntos Angola   Eleições  

Leia também
  • 12/05/2017 18:54:53

    Angola: CNE estuda regulamento para voto antecipado em offshore

    Luanda - A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) vai elaborar um regulamento sobre a forma de votação antecipada, para permitir que os cidadãos angolanos que trabalham nas petrolíferas em offshore possam votar nas eleições gerais de 23 de Agosto de 2017, sem causar prejuízo às empresas.

  • 12/05/2017 18:31:55

    Angola: Paz e democracia guiam eleições gerais de 2017

    Luanda - As eleições gerais de 23 de Agosto de 2017 vão realizar-se sob o lema "vota pela paz e pela democracia", anunciou hoje, sexta-feira, em Luanda, a porta-voz da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), Júlia Ferreira.

  • 12/05/2017 17:40:17

    Angola: Minint contra publicações infundadas nas redes sociais

    Luanda - O Ministério do Interior (Minint) considera sem fundamentos algumas notícias publicadas, através das redes sociais e portais na internet e retomadas por alguns semanários que circulam no mercado interno.