Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

18 Maio de 2017 | 19h13 - Actualizado em 18 Maio de 2017 | 19h06

Programa do MPLA é exequível

Luanda - Vários militantes do MPLA, partido no poder em Angola, consideram exequíveis as acções e medidas previstas no programa de governo para o período 2017/2022, apresentado a 10 do mês em curso, em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Na Huíla, militantes, amigos e simpatizantes do MPLA regozijaram-se com o programa de governo, como confirma José Maria Kandungo, entrevistado pela Angop nesta quinta-feira.

“É um documento que espelha as necessidades do país”, realçou.

Já Alberto Daniel, presidente da Associação de Taxistas da Huíla, referiu que o MPLA tem uma visão ampla do país e pensa no futuro dos angolanos.

Ainda na Huíla, o membro do comité de especialidade dos economistas do MPLA, Pedro Agostinho de Neri, considerou que há condições para a efectivação do programa de governação.

No Cuanza Norte, o primeiro secretário municipal de Ambaca da JMPLA, Francisco Kambango, defendeu, em Camabatela, maior participação da juventude na identificação e resolução dos problemas que afligem as comunidades.

Francisco Kambango falava à Angop, à margem de uma reunião metodológica com os militantes do núcleo da JMPLA do bairro Kipupa, periferia da vila de Camabatela.

No Cuanza Sul, os quadros e militantes do MPLA tomaram contacto com o referido programa, numa sessão conduzida pela economista Laurinda Hoygard.

Igualmente, no Cuanza Sul, o primeiro secretário da JMPLA, organização juvenil do MPLA, no Cuanza Sul, Eliseu Segunda, afirmou que os jovens da província estão satisfeitos com o programa do partido.

Referiu que o referido programa vai manter a aposta na formação dos jovens em todo o país.

Declarou que a  divulgação do manifesto eleitoral do MPLA e do programa de governo constitui um passo importante para a vitória eleitoral daquela força política no pleito de 23 de Agosto próximo.

Leia também
  • 18/05/2017 17:38:41

    Huíla: Autarquias podem agilizar descentralização

    Lubango - O primeiro secretário do MPLA, na província da Huíla, João Marcelino Tyipinge, considerou hoje, quinta-feira, que a realização de eleições autárquicas podem consolidar a democracia e agilizar a descentralização administrativa.

  • 18/05/2017 15:34:51

    Bié: MPLA no Chinguar apela à divulgação do candidato

    Chinguar - O secretário do departamento de informação e propaganda do MPLA, no Chinguar, José Lopinho, apelou nesta quinta-feira, aos militantes do partido na localidade, a divulgarem mais as acções e a imagem do candidato João Lourenço.

  • 18/05/2017 15:02:46

    Angola vive um momento marcado pela preparação das eleições - Paulo Kassoma

    Luanda - A República de Angola vive um momento caracterizado pela preparação efectiva das eleições gerais que terão lugar a 23 de Agosto de 2017, declarou nesta quinta-feira, em Luanda, o secretário-geral do MPLA, António Paulo Kassoma.