Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Julho de 2017 | 23h58 - Actualizado em 10 Julho de 2017 | 15h09

Abel Chivukuvuku volta a apostar em mercado informal para conquistar eleitorado

Caála - O presidente da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), Abel Chivukuvuku, voltou a escolher um mercado informal, desta feita do município da Caála, província do Huambo, para conquistar os eleitores no pleito de 23 de Agosto.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo: Abel Chivukuvuku faz pre-campanha no mercado da Caála

Foto: frank beu

A actividade marcou o encerramento da jornada de pré-campanha eleitoral de três dias na província do Huambo, basicamente dominada por mobilização de eleitores nos mercados informais da Alemanha, na capital do planalto central, e nos dos municípios da Bailundo e Catchiungo.

Tal como nos outros actos, Abel Chivukuvuku apelou os munícipes a afluir às urnas a 23 de Agosto, para, de forma ordeira, escolher os novos dirigentes da nação, devendo, para o efeito, conservar os cartões eleitorais.

Disse que a sua coligação partidária vai sempre optar por uma mudança política pacífica, positiva, ordeira, segura e inclusiva, para melhorar as condições de vida da população, assim como a promoção do desenvolvimento socioeconómico.

Combater a pobreza, e adoptar um programa de governo de proximidade, caso ganhe as eleições gerais de 2017, são outros propósitos da coligação.

Em 2012, quando concorreu pela primeira vez, a CASA-CE obteve 345.589 votos, de um total de 5.756.004 votos válidos, o que lhe valeram oito assentos no parlamento, sendo a terceira força política mais votada, depois do MPLA com 175 lugares e Unita com 32.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também