Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Julho de 2017 | 01h03 - Actualizado em 11 Julho de 2017 | 00h42

APN almeja mobilizar 650 mil militantes até as eleições

Luanda - O partido Aliança Patriótica Nacional (APN) almeja mobilizar, até as eleições gerais de 23 de Agosto próximo, 650 mil militantes, visando equilibrar o parlamento com mais de 20 deputados, deu a conhecer esta segunda-feira, em Luanda, o seu presidente, Quintino Moreira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Falando no programa grande entrevista, na Televisão Pública de Angola (TPA), o político frisou que neste momento o partido tem 268 mil militantes, segundo um censo realizado nos finais de 2016.

Acrescentou ser foco principal da APN reduzir a maioria absoluta de deputados na Assembleia Nacional, perspectivando formar governo em 2022.

Referiu que a APN, como partido de “centro esquerda”, quer trabalhar para uma sociedade mais justa, promovendo mais emprego, habitação, aumentar o número de médicos e enfermeiros e tornar mais fácil o acesso do cidadão as Universidades.

Questionado sobre a sua relação com o partido no poder, Quintino Moreira afirmou que “a APN não é apêndice do MPLA e não existe alguma coligação em termos de relações políticas”.

“O MPLA governa há mais de 40 anos e não tem necessidade de ter um apêndice. Se fossemos coligados ao MPLA seríamos um partido potenciado, portanto não existe e nunca existiu tais relações”, referiu.

Por outro lado, disse que a APN está instalada em todas as províncias e municípios do país e tem estado a trabalhar para atingir as comunas e aldeias, intensificando acções de massas, além de manter contacto com os eleitores e apresentar o seu programa de governação.

Assuntos Política  

Leia também
  • 21/03/2018 19:56:39

    Militantes do MPLA orientados a ser mais dinâmicos

    Huambo - Os militantes do MPLA no Huambo foram, hoje, orientados a ser mais dinâmicos, indo ao encontro dos cidadãos a quem devem transmitir as linhas de força do partido constantes do regulamento e estatuto.

  • 21/03/2018 19:43:14

    João Lourenço já está em Luanda

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, regressou na noite desta quarta-feira a Luanda, proveniente de Kigali, República do Rwanda, onde rubricou, na companhia de 53 líderes africanos, o acordo para o lançamento da Zona de Livre Comércio Continental (ZCLC), no âmbito da X Cimeira Extraordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA).

  • 21/03/2018 13:12:37

    Líderes juvenis angolanos formados em Moçambique

    Luanda - Vinte jovens angolanos de diversas organizações da sociedade civil, participam em Maputo, Moçambique, na quinta edição de formação de jovens futuros líderes africanos (YALI), evento que entra hoje, quarta-feira, no terceiro dia de actividades.

  • 21/03/2018 12:17:48

    Político considera fundamental conhecimento da história

    Lubango - A necessidade dos jovens conhecerem a história de Angola, incluindo as principais batalhas para a independência nacional e conquista da paz, foi defendida na terça-feira, na província da Huíla, pelo segundo secretário municipal do MPLA no Lubango, Augusto Kwanga.