Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

17 Julho de 2017 | 18h53 - Actualizado em 17 Julho de 2017 | 18h53

Eleições/2017: UNITA considera educação alicerce para o desenvolvimento

Moçâmedes- O presidente da UNITA, Isaías Samakuva, apontou, nesta segunda-feira, o sector da educação como ponto estratégico para o desenvolvimento do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da UNITA, Isaías Samakuva

Foto: ANTONIO ESCRIVAO

Isaías Samakuva, que falava à imprensa no final de visitas a instituições de ensino, salientou que a educação é o alicerce do país, razão pela qual necessita de quadros competentes, com conteúdos pedagógicos aceitáveis, para formar especialistas capazes de responderem as novas exigências.

Para o político, a aposta deve passar pela formação de quadros nos sectores da saúde, agricultura, pescas e indústria.

Leia também
  • 17/07/2017 18:38:49

    Eleições/2017: Huambo terá 957 assembleias de voto

    Huambo - Novecentas e 57 assembleias de voto, com duas mil e seis mesas, serão instaladas a nível dos municípios do Huambo, para as eleições de 23 de Agosto, anunciou hoje o presidente da Comissão Provincial Eleitoral, Adriano Jacinto Calembe.

  • 17/07/2017 18:18:27

    Eleições 2017: PRS forma 75 mil delegados de lista

    Menongue - O Partido de Renovação Social (PRS) prevê formar 75 mil delegados de lista, em todo país, para fiscalizar o pleito eleitoral de 23 de Agosto, anunciou, em Menongue, o presidente daquela força partidária, Benedito Daniel.

  • 17/07/2017 18:07:22

    Eleições/2017: Membros das assembleias de voto frequentam seminário

    Luanda - Cinquenta membros de mesas das assembleias de voto começaram hoje, segunda-feira, nesta cidade, a ser capacitados pela Comissão Provincial Eleitoral (CPE) de Luanda, sobre procedimentos a observar durante as eleições gerais, aprazadas para 23 de Agosto.