Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Agosto de 2017 | 18h44 - Actualizado em 13 Agosto de 2017 | 18h38

Angola: Bureau Político do MPLA consternado pela morte de Filomeno de Sá "Dibala"

Luanda - O Bureau Político do MPLA mostra-se consternado pela morte do patriota Rui Alberto Filomeno de Sá "Dibala", ocorrida sábado, dia 12 de Agosto de 2017, em Luanda, por doença, e, em nome dos militantes, simpatizantes e amigos do Partido, endereça à família enlutada as suas mais sentidas condolências.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo um comunicado do Bureau Político do MPLA, chegado hoje à Angop,  Filomeno de Sá “Dibala”, que, à data da sua morte, foi membro do Comité Central combatente da Luta de Libertação Nacional de Angola, general reformado das Forças Armadas Angolanas, contava 78 anos de idade.

Filomeno de Sá “Dibala” integrou-se nas fileiras do MPLA em 1961, ano em que iniciou a Luta Armada de Libertação Nacional de Angola, que veio a culminar com a conquista da Independência, em 11 de Novembro de 1975.

Ao longo da sua trajectória de vida, Filomeno de Sá “Dibala” desempenhou, entre várias outras, as funções de Comissário-Político, nas então segunda, terceira e quinta regiões político-militares do MPLA, em Cabinda, no Moxico e no Bié, respectivamente.

Foi também representante do MPLA no Egipto e na Síria e, depois da proclamação da Independência, as de Director-Geral da TAAG, de Administrador da Angola-Telecom e a de Presidente da Federação Angolana de Voleibol.

Assuntos Luto  

Leia também