Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Agosto de 2017 | 21h31 - Actualizado em 12 Agosto de 2017 | 21h31

Eleições/2017: Setenta observadores da SADC no pleito angolano

Luanda - Os setenta observadores de nove estados da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) que compõem a Missão de Observação Eleitoral para as eleições gerais de 23 deste mês foram apresentados hoje, sábado, em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Membros de observadores da SADC para as Eleições/2017

Foto: Francisco Miudo

Susan Alphonce Kolimba, chefe interina da missão de observação da SADC

Foto: Francisco Miúdo

Ao fazer a apresentação oficial da delegação, a chefe Interina da Missão de Observação Eleitoral da SADC para as  Eleições em Angola, Susan Kolimba, disse que os observadores serão distribuídos por 15 das 18 províncias do país, permitindo que a missão cubra uma proporção substancial do território angolano.

Adiantou que a prática de observação eleitoral tornou-se uma tradição na região e está em conformidade com as obrigações do tratado da SADC, daí terem aceite o convite da Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola.

Susan Kolimba fez saber que os observadores da SADC já sabem para onde vão e, a partir do dia 15 deste mês estarão presentes nos locais ou províncias indicadas.

As equipas destacadas no terreno, apontou,  vão ter em atenção todas as condições, previamente, estabelecidas nos regulamentos e procedimentos eleitorais para aferirem o seu cumprimento.

Informou que, pelo facto de os membros da missão terem de cobrir o antes, durante e depois do sufrágio angolano, também se farão presentes em alguns dos comícios que se realizam pelo país, para verificarem se os procedimentos definidos estão a ser seguidos.

Entre as províncias que contarão com observadores da SADC, Susan Kolimba citou o Bié, Bengo, Benguela, Cabinda, Cunene, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Huambo, Huíla, Luanda, Lunda Norte, Malanje, Moxico e Zaire.  

Participam no pleito de 2017 os partidos políticos MPLA, UNITA, PRS, FNLA e APN, bem como a coligação CASA-CE.

Assuntos CNE   Eleições   SADC  

Leia também
  • 17/08/2017 11:38:10

    Eleições/2017: Potencialidades de Benguela estão na sua gente - João Lourenço

    Lobito - O candidato do MPLA a Presidente da República, João Lourenço, declarou nesta quinta-feira, no Lobito, que as potencialidades de Benguela estão nas suas gentes e na sua dedicação ao trabalho, em todos os domínios.

  • 17/08/2017 11:36:47

    Eleições/2017: OMA convicta na vitória no Luau

    Luau- A secretária municipal do Luau da OMA, Adelina Gomes, manifestou hoje, quinta-feira, convicção de que o povo vai manter a sua fidelidade ao MPLA e ajudar a alcançar uma vitória expressiva nas eleições gerais de 23 de Agosto.

  • 17/08/2017 11:32:08

    Eleições/2017: Líder da UNITA apela ao voto

    Benguela - O presidente da UNITA, Isaías Samakuva, prossegue hoje, quinta - feira, a sua campanha eleitoral na província de Benguela, onde apelou, quarta-feira última, ao voto massivo dos eleitores.

  • 17/08/2017 11:28:33

    Eleições/2017: Partidos desdobram-se na "conquista" do eleitorado na Matala

    Matala - O município da Matala, a segunda praça eleitoral da Huíla, recebe hoje, quinta-feira, actividades políticas dos seis concorrentes às eleições de quarta-feira próxima, nas suas últimas cartadas para conquistarem a simpatia dos mais de 150 mil eleitores locais.