Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

16 Agosto de 2017 | 18h57 - Actualizado em 16 Agosto de 2017 | 18h54

Zaire: Antigos combatentes da FNLA sugerem reconhecimento a Holden Roberto

Mbanza Kongo - O futuro Presidente de Angola, a ser eleito no escrutínio de 23 de Agosto deste ano, deverá trabalhar para o reconhecimento do inestimável contribuo do líder fundador da FNLA, Álvaro Holden Roberto, na luta pela libertação do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Esta sugestão foi nesta quarta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, pelos antigos combatentes do Exército de Libertação Nacional de Angola (ELNA),  ex-braço armado da FNLA, por ocasião do 55º aniversário da sua criação, que hoje se assinala.

Numa mensagem lida no acto político, que decorreu junto da campa do líder fundador do partido, Álvaro Holden Roberto, recinto adjacente ao cemitério dos Reis do Kongo, os antigos guerrilheiros da ELNA pediram ainda que o reconhecimento seja extensivo aos descendentes do seu líder histórico e companheiros de luta.

O presidente da Associação dos Antigos Combatentes da FNLA (ACC/FNLA), Lino Massaqui Ucaca, que fez a leitura da mensagem, destacou o papel do ELNA, assim como de Holden Roberto, na luta pela libertação de Angola.

O responsável lamentou, na ocasião, o facto de muitos antigos combatentes do ELNA, e não só, estarem alegadamente votados ao abandono pelas autoridades competentes.

Segundo disse, “os homens e mulheres que deram o melhor de si para libertarem o país do jugo colonial português morrem sem honra, nem glória, ao passo que os que sobrevivem passam a vida mendigando”.

O ELNA foi criado por, Holden Roberto, em 1962, na base militar de Kinkuzu, antigo Congo Léopoldville (RDC).
 

A Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), fundada em 1954, é um dos movimentos nacionais que lutou, a par do MPLA e UNITA,  pela libertação de Angola.

Assuntos FNLA   Província » Zaire  

Leia também
  • 07/02/2019 11:55:03

    Recusada entrada de estrangeiros por inobservância das normas migratórias

    Mbanza Kongo - O Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) na província do Zaire, recusou nesta quarta-feira a entrada, no território nacional, de cinco cidadãos da República Democrática do Congo (RDC), por inobservância das normas migratórias.

  • 30/01/2019 18:32:34

    SME recolhe estrangeiros em situação migratória ilegal

    Soyo - Duzentos e treze cidadãos da República Democrática do Congo (RDC), que viviam ilegalmente no município do Soyo, província do Zaire, foram recolhidos e repatriados hoje, quarta-feira, pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) na região.

  • 29/01/2019 17:16:49

    SME expulsa estrangeiros por irregularidades migratórias

    Mbanza Kongo - Cinquenta e nove cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) foram expulsos nesta segunda-feira, pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) na província do Zaire, por entrada ilegal no território nacional.

  • 23/01/2019 11:00:44

    Polícia detém 289 violadores de fronteira

    Mbanza Kongo - A Polícia de Guarda Fronteira (PGF) na província do Zaire deteve, nos últimos sete dias, 289 cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) por tentativa de violação do perímetro fronteiriço que separa esta parcela do território nacional da região do Congo Central.