Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

29 Setembro de 2017 | 18h01 - Actualizado em 29 Setembro de 2017 | 18h27

Perfil do ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do PR

Luanda - Pedro Sebastião, nomeado quinta-feira ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, João Lourenço, nasceu a 6 de Novembro de 1952 no município do N'zeto, província do Zaire, onde iniciou os estudos, dando continuidade posteriormente na então Escola Industrial de Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Pedro Sebastião - ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do PR

Foto: Luanda

Em 1973 ingressou no exército português e frequentou curso na Escola de Aplicação Militar de Angola (EAMA).

Em 1974 deserta do exército português e, na cidade de Ponta Negra (Congo), ingressa no MPLA. Nesse ano, em Mayombe (Cabinda) participa nas últimas acções militares contra o exército colonizador.

De 1976 a 1978 frequenta a Academia Militar Vistrel – na antiga URSS. Em 1979 frequenta o curso de tropas paraquedistas e vários estágios no exterior. 

Nas FAPLA, exerceu vários cargos, nomeadamente Comissário Político de Coluna, chefe do Departamento de Agitação e Propaganda da Direcção Política Nacional das FAPLA.

Foi sucessivamente patenteado aos graus militares de capitão, major, tenente-coronel, major-general, tenente-general e general.

Participou em acções militares um pouco pelo país, sobretudo na então II Região Militar e na Frente Sul.

Ostenta algumas condecorações nacionais e estrangeiras, nomeadamente Medalha Comemorativa da Libertação de Mavinga, Defensores do Cuito Cuanavale e Mérito na Defesa da Pátria.

Foi membro do Comité Nacional da JMPLA - Juventude do Partido, Deputado à Assembleia do Povo e membro do Comité Central MPLA, que abdicou por incompatibilidade com a situação de militar.

Em 1984, integrou a Comissão Conjunta Angola – África do Sul, que mais tarde culminou com as quadripartidas sobre a África Austral.

Integrou e participou nas conversações com a UNITA até Bicesse. Em 1992 foi nomeado vice-ministro para a Política de Defesa Nacional.

Posteriormente foi nomeado ministro da Defesa da República de Angola. Em 2002 foi nomeado governador da província do Zaire, cargo que ocupou até 26 de Setembro de 2012. De lá para cá foi deputado à Assembleia Nacional pelo MPLA.

Tem a frequência das faculdades de Direito e Economia. Também é piloto aviador.

Assuntos Executivo  

Leia também
  • 30/10/2018 19:05:25

    Executivo gasta cem mil milhões de dólares em infra-estruturas em 13 anos

    Luanda - O Estado angolano investiu, de 2002 a 2015, cerca de 100 mil milhões de dólares em infra-estruturas sociais, informou esta terça-feira, em Luanda, o ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca.

  • 29/10/2018 20:07:34

    Executivo pede racionalização de recursos e redução da burocracia

    Luanda - O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Frederico Cardoso, apelou nesta segunda-feira, em Luanda, a racionalização dos recursos disponíveis e a redução da burocracia, visando a realização das necessidades dos cidadãos, das famílias e das empresas.

  • 29/10/2018 19:29:45

    Executivo transfere competências aos governos provinciais

    Luanda - Algumas competências de departamentos ministeriais foram transferidas hoje, segunda-feira, em Luanda, para os governos provinciais, com vista a conferir maior dinamismo na resolução dos problemas locais, tendo em perspectiva a evolução para as autarquias.

  • 01/10/2018 18:44:55

    Executivo investe em mais de dois mil projectos

    Luanda - Dois mil e trezentos e oitenta e dois projectos serão implementados no país, no quadro do programa do Exectivo angolano de investimento público sectorial e provincial para 2019.