Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Fevereiro de 2018 | 15h20 - Actualizado em 09 Fevereiro de 2018 | 15h47

Angola e Brasil dinamizam cooperação bilateral

Luanda - As repúblicas de Angola e Federativa do Brasil, aliados históricos e membros da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP), trabalham para imprimir nova dinâmica e incremento da cooperação bilateral.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Conversações entre delegações de Angola e do Brasil

Foto: Lino Guimaraes

Conversações entre delegações de Angola e do Brasil

Foto: Lino Guimaraes

O posicionamento foi reiterado nesta sexta-feira, em Luanda, pelo chefe da diplomacia angolana, Manuel Augusto, quando falava na abertura das negociações oficiais entre delegações dos dois países nas quais a parte brasileira foi liderada pelo seu homólogo, Aloysio Nunes.

Manuel Augusto referiu que o encontro serviu para reafirmar o compromisso de continuar a fortalecer e aperfeiçoar os laços de amizade e de cooperação que unem os dois países e povos.

De acordo com o ministro, o encontro serviu para passar em revista o estado da cooperação e avaliar os resultados alcançados nos diversos domínios, bem como estancar os possíveis constrangimentos existentes que impedem o desenvolvimento harmonioso dessas relações.

“Estamos convencidos que essa visita irá contribuir para o seu engrandecimento, conferindo-lhe uma nova dinâmica que conduza os dois estados ao progresso e bem-estar comum”, disse.

Fez saber igualmente que Angola atribui um significado especial às relações existentes com a República Federativa do Brasil, que simbolizam um percurso cheio de realizações e um futuro promissor.

Isto, de acordo com Manuel Augusto, por existir vontade política e interesse vital do desenvolvimento da cooperação em áreas como energia, agricultura, agro-indústria, indústria transformadora, saúde, educação, ensino superior e económico-financeira.

Ainda no domínio económico, o ministro referiu que, apesar das dificuldades que os dois países enfrentam, os dois governos devem encontrar soluções viáveis para ultrapassa-las.

Novo instrumentos jurídicos  

Ainda esta sexta-feira, foram assinados dois novos instrumentos jurídicos, sendo o primeiro o Protocolo de Entendimento entre o Instituto de Relações Internacionais (ISRI) e o Instituto Rio Branco na área de formação de quadros, isto pelos responsáveis da diplomacias dos dois países, respectivamente Manuel Augusto e Aloysio Nunes.

De igual modo, rubricaram o Memorando de entendimento entre o Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) e a fundação brasileira Alexandre de Gusmão, Alfredo Dombe (Angola) e Sérgio Lima (Brasil).

Historial das relações politico-diplomáticas

As repúblicas de Angola e Federativa do Brasil estabeleceram relações político-diplomáticas a 12 de Novembro de 1975, um dia após a proclamação da independência dos angolanos, e em Junho de 1980, assinaram em Luanda o Acordo de Cooperação Económica, Científica e Técnica, instrumento jurídico que define o quadro legal para a cooperação entre os dois países.

Já em 2010, os países estabeleceram a Parceria Estratégica que colocou estas relações num novo patamar.

Assuntos Diplomacia  

Leia também
  • 25/01/2019 11:06:01

    Ministro das Relações exteriores já no país

    Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, regressou na madrugada de hoje (dia 25) ao país, depois de ter participado (quinta-feira), em Kinshasa, na investidura de Félix Tshisekedi como novo presidente da República Democrática do Congo (RDC), apurou a Angop no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro.

  • 22/01/2019 21:50:25

    Angola pode aproveitar experiência cubana no sector do turismo

    Luanda - A República de Cuba pode contribuir na diversificação da economia em Angola, em vários domínios, com destaque para o turismo e serviços de saúde, afirmou hoje, terça-feira, o secretário de estado das relações exteriores, Tete António.

  • 18/01/2019 22:50:33

    Íntegra do discurso do PR ao Corpo Diplomático

    Íntegra do discurso de Sua Excelência João Lourenço, Presidente da República de Angola, na cerimónia de cumprimentos de Ano Novo ao Corpo Diplomático. Luanda, 18 de Janeiro de 2019

  • 18/01/2019 21:36:01

    Corpo diplomático elogia posições angolanas para paz mundial

    Luanda - O corpo diplomático acreditado em Angola apoiou nesta sexta-feira, em Luanda, as autoridades angolanas pelas posições em prol da paz mundial e da democracia, bem como na condenação do racismo, xenofobia e outro tipo de discriminação.