Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

08 Fevereiro de 2018 | 15h09 - Actualizado em 08 Fevereiro de 2018 | 15h09

Angola manifesta interesse no incremento da cooperação com Emiratos Árabes Unidos

Luanda - O ministro angolano das Relações Exteriores, Manuel Augusto, manifestou nesta quinta-feira, em Luanda, o interesse e disponibilidade das autoridades nacionais em trabalhar para o incremento da cooperação económica com os Emiratos Árabes Unidos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Manuel Augusto, Ministro das Relacções Exteriores

Foto: Lino Guimaraes

Ministro das Relacções Exteriores, Manuel Augusto (à dir.) recebe Delegação dos Emiratos Arabe Unidos

Foto: Lino Guimaraes

Falando na abertura das negociações entre delegações dos dois países, Manuel Augusto manifestou o interesse das autoridades angolanas em dar passos importantes com vista a cobrir largamente as áreas de comércio e investimento, energia, defesa, transporte desenvolvimento de infra-estruturas, exploração mineira, agricultura, pesca, banca e telecomunicações.     

Argumentou que as áreas de cooperação entre os dois países devem assentar em pilares que potenciem os eixos de desenvolvimento, permitindo, deste modo, afinar a relação política, económica e social, com objectividade.

O ministro das Relações Exteriores de Angola disse ainda que são grandes as oportunidades de negócio que existem, quer no mercado angolano como no do Emiratos Árabe Unidos, para os empresários dos dois países.

Neste contexto, argumentou que devem ser aperfeiçoados os mecanismos institucionais e os instrumentos jurídicos de cooperação, para facilitar o enquadramento e a dinamização das acções de cooperação material.

 De acordo com o ministro, os grandes sectores como o da energia, transportes, as comunicações e indústria pesada e de transformação, a investigação científica e o desenvolvimento humano devem merecer prioridade, pelo papel estruturante que têm no processo económico e social.

Manuel Augusto defendeu ainda a priorização da troca de informações em domínios como do ambiente, onde são evidentes as mudanças climáticas, e o combate aos fenómenos do terrorismo, crimes transfronteiriços, imigração ilegal, tráfego de drogas e de seres humanos, branqueamento de capitais e lavagem de dinheiro, entre outros crimes.

Por sua vez, o ministro de Estado dos Emiratos Árabes Unidos, Sultan Al Jabar, reforçou que a ocasião serve para que os dois países possam definir melhor o mapa  das relações estratégicas entre ambos.

O ministro de Estado disse ainda que existem muitas potencialidades no relacionamento entre os dois países que podem ser exploradas e contribuir para o fortalecimento desta mesma parceria estratégica.

O responsável dos Emiratos Árabes Unidos argumentou ainda que as mudanças climáticas e energias renováveis devem ser consideradas ao nível do desenvolvimento.

Assuntos Diplomacia  

Leia também
  • 06/02/2018 18:29:21

    Angola e Cabo Verde estudam reforço da cooperação

    Luanda - Angola e Cabo Verde, dois países da comunidade de falantes da Língua Portuguesa, preparam acções para o reforço e a diversificação das relações bilaterais, em vários domínios, informou nesta terça-feira, em Luanda, o ministro angolano das Relações Exteriores, Manuel Augusto.

  • 05/02/2018 08:59:45

    Lesotho: União Africana avalia missão da SADC

    Maseru - Uma delegação da União Africana inicia hoje uma visita de trabalho ao Lesotho destinada a avaliar os progressos até agora alcançados pela missão de prevenção da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) para o Reino do Lesotho (SAPMIL), lancada em novembro de 2017.

  • 03/02/2018 19:04:26

    MLSTP/PSD realça qualidades históricas do PAIGC

    Luanda - O presidente do MLSTP/PSD, de São Tomé e Príncipe, Aurélio Martins, destacou, na sexta-feira, as qualidades históricas do PAIGC, da Guiné-Bissau, enquanto partido da luta de Libertação Nacional, da Independência e da Implantação das Estruturas do Novo Estado, indica a Embaixada de Angola na Guiné-Bissau.