Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

08 Fevereiro de 2018 | 19h35 - Actualizado em 08 Fevereiro de 2018 | 20h25

EAU prepara-se para investir em Angola

Luanda - As autoridades dos Emirados Árabes Unidos (EAU) manifestaram nesta quarta-feira a intenção de investir em Angola nas áreas dos petróleos, telecomunicações, agricultura, transportes, infra-estruturas portuárias e aeroportuários.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Ministro de Estado e membro do gabinete de ministros dos Emirados Árabes Unidos, sultão Al Jaber

Foto: Cortesia de Rogério Tuty/Edições Novembro

Presidente João Lourenço recebe representante especial do secretário-geral das Nações Unidas e chefe do escritório regional da ONU para a África Central, François Lounceny Fall

Foto: Cortesia de Rogério Tuty/Edições Novembro

O facto foi anunciado à imprensa, em Luanda, pelo ministro de Estado e membro do gabinete de ministros dos Emirados Árabes Unidos, sultão Al Jaber, no final de uma audiência com o Presidente angolano João Lourenço.

O sultão realçou a importância estratégica para desenvolver a cooperação no sector da agricultura, dado o potencial dos recursos naturais do país.

Considerou oportuno o encontro com o Chefe de Estado angolano, pois, segundo afirmou, representa um marco para os dois Estados.


Ainda hoje, numa outra audiência, o Presidente João Lourenço analisou com o representante especial do secretário-geral das Nações Unidas e chefe do escritório regional da ONU para a África Central, François Lounceny Fall, a situação de paz e estabilidade política na região central e austral do continente africano.

Com relação à situação nas repúblicas Centro Africana e Democrática do Congo informou que o Estadista angolano manifestou disponibilidade em trabalhar para a estabilidade destes estados.

Informou que o Presidente João Lourenço manifestou-se preocupado com a actual situação política na Guiné-Bissau, almejando um desfecho airoso no processo.

Quanto à situação na RDC, o diplomata ao serviço das Nações Unidas referiu que este órgão de apoio o acordo rubricado para a realização de eleições.

Explicou que em breve o Presidente angolano e o  homólogo da República do Congo deverão encontrar-se em Kinshasa, afim de tratar de questões ligadas à situação neste país .

François Lounceny Fal, precisou que o engajamento do Chefe de Estado angolano deixa as Nações Unidas “bastante reconfortável”.

 

Leia também
  • 05/02/2019 19:46:38

    Minint considera falso "tráfico de órgãos" no Cunene

    Luanda - O Ministério do Interior (Minint) considerou falsas as informações divulgadas nas redes sociais, sobre eventuais casos de tráfico de órgãos humanos na província do Cunene e reafirma que manterá a segurança dos cidadãos, bem como um combate cerrado a eventuais marginais.

  • 05/02/2019 18:57:24

    Íntegra da declaração do Presidente da República

    Luanda - Íntegra da declaração pronunciado nesta terça-feira, em Luanda, pelo Presidente da República, João Lourenço, na abertura da conferência de imprensa conjunta, por ocasião da visita oficial e de trabalho do homólogo Félix Tshisekedi, da República Democrática do Congo.

  • 05/02/2019 17:02:49

    RDC considera legítima protecção da riqueza de Angola

    Luanda - O Presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, reconheceu, nesta terça-feira, em Luanda, legitimidade de Angola na protecção da sua riqueza, face à exploração de estrangeiros ilegais.

  • 05/02/2019 15:54:26

    PR prioriza cooperação com RDC

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, apontou hoje, terça-feira, como prioridades a cooperação nos domínios da segurança e economia com a República Democrática do Congo (RDC).