Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

10 Fevereiro de 2018 | 13h27 - Actualizado em 10 Fevereiro de 2018 | 14h43

Imprensa do Botswana destaca liderança do PR

Luanda - A imprensa pública e privada da República do Botswana tem ressaltado a postura e as medidas políticas e económicas adoptadas pelo Presidente angolano, João Lourenço, no poder desde 26 Setembro de 2017.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

João Lourenço - Presidente da República de Angola

Foto: Francisco Miudo

O Chefe de Estado tem imprimido, desde a tomada de posse fortes medidas que visam o combate à corrupção e à impunidade, bem como a melhoria da situação económica e financeira no país.

Segundo uma nota da Embaixada de Angola no Botswana, chegada hoje, sábado, à Angop, a imprensa local ressalta essa coragem, determinação e astúcia de como o novo Chefe de Estado angolano, em tão pouco tempo, tem liderado os destinos do país.

Nos seus noticiários, a imprensa do Botswana destaca o dinamismo e a contribuição valiosa que o Presidente angolano tem empreendido na vida política do país, que visa a melhoria da liberdade de imprensa e de expressão, a preservação de uma nação mais unida, onde cada cidadão se sente livre do preconceito e da desigualdade económica e social.

A directora de informação do jornal diário estatal “Daily News”, Maria Leshonwane, afirma que tem acompanhado, com muita atenção, os feitos de governação do Presidente, João Lourenço, focados, em sua opinião, em prol de todos os angolanos, sem distinção de cor partidária, de forma a preservar a soberania, a unidade nacional, a paz, a tolerância e a democracia.

Segundo Maria Leshonwane, o Chefe de Estado angolano tem trabalhado arduamente para a construção de uma sociedade justa, democrática, equitativa, desenvolvida e próspera.

Por sua vez, a directora-geral da emissora radiofónica DBS do Botswana, Keitirele Mathapi, realça a luta desencadeada pelo novo líder da nação angolana no combate à corrupção e à impunidade no país.

Keitirele Mathapi destaca ainda a atenção que o Presidente angolano tem prestado ao sector social, fundamentalmente na Educação e Saúde, além do incentivo que tem demonstrado aos jovens, no capítulo da sua formação e inserção do empresariado nacional.

A imprensa tswanesa encoraja o Presidente da República, João Lourenço, a prosseguir com os seus desafios, em prol da construção de uma sociedade mais justa, onde cada cidadão participe no fortalecimento da democracia e desfrute do bem-estar e progresso social.

Assuntos Política  

Leia também
  • 21/03/2018 13:12:37

    Líderes juvenis angolanos formados em Moçambique

    Luanda - Vinte jovens angolanos de diversas organizações da sociedade civil, participam em Maputo, Moçambique, na quinta edição de formação de jovens futuros líderes africanos (YALI), evento que entra hoje, quarta-feira, no terceiro dia de actividades.

  • 21/03/2018 12:17:48

    Político considera fundamental conhecimento da história

    Lubango - A necessidade dos jovens conhecerem a história de Angola, incluindo as principais batalhas para a independência nacional e conquista da paz, foi defendida na terça-feira, na província da Huíla, pelo segundo secretário municipal do MPLA no Lubango, Augusto Kwanga.

  • 21/03/2018 00:16:29

    Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos:

  • 20/03/2018 22:40:32

    PR felicita homólogo chinês pela reeleição e espera aprofundar relações

    Luanda - O Chefe de Estado, João Lourenço, felicitou hoje o seu homólogo chinês, Xi Jinping, pela reeleição ao cargo de Presidente da República Popular da China, e espera que as relações entre as duas nações continuem a aprofundar-se, na perspectiva de que se alarguem para outros sectores.