Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

10 Fevereiro de 2018 | 12h28 - Actualizado em 10 Fevereiro de 2018 | 14h48

PR homenageia ex-segundo comandante da MGA

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, rendeu hoje (sábado) homenagem ao ex-segundo comandante da Marinha de Guerra (MGA), Augusto Sebastião Lopes "Roca Mónita", falecido por doença, terça-feira (6), em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

PR transmite condolências à família enlutada

Foto: Lino Guimarães

Presidente João Lourenço deposita coroa de flores junto a urna

Augusto Sebastião Lopes foi um nacionalista angolano que muito cedo integrou a luta de libertação nacional, que culminou com a independência do país em Novembro de 1975.

Após a independência, o malogrado se celebrizou na Marinha de Guerra Angolana, onde exerceu várias funções com destaque para a de segundo comandante do ramo.

Ao reconhecer estes feitos, o Presidente da República e Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Angolanas realçou, no livro de condolências, o contributo, a dedicação e entrega do malogrado à causa da Nação.

No velório realizado no quartel-general do Exército (ex-RI 20), e depois de ter sido entoado o Hino Nacional, o Chefe de Estado depositou uma coroa de flores e inclinou-se diante da urna.

Após esse momento, e ainda no velório, o Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Angolanas transmitiu condolências à família enlutada.

Renderam igualmente homenagem ao malogrado almirante, o Procurador-Geral da República, deputados, governantes e altas patentes militares (no activo e na reserva).

O chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, Geraldo Sachipengo, que esteve no velório, considerou o almirante “Roca Mónita” um combatente da primeira linha.

Como legado, segundo o general de Exército, o malogrado deixa a dedicação ao trabalho e excelentes relações humanas.

Já o comandante do Exército, Gouveia de Sá Miranda, salientou que as Forças Armadas Angolanas perderam um valoroso combatente que nos momentos mais difíceis sob ter os meios juntos das unidades para o cumprimento das missões.

Os restos mortais do Almirante vão a enterrar hoje no cemitério Alto das Cruzes, em Luanda.

Leia também
  • 08/11/2018 17:21:25

    Reino Unido confirma financiamento a Angola

    Luanda - A baronesa britânica Lindsay Northover, enviada especial da primeira-ministra, Theresa May, confirmou hoje, quinta-feira, que o governo do seu país tem disponível para Angola financiamento para projectos nos sectores da energia e saúde.

  • 08/11/2018 16:36:21

    Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - A Agência Angola Press incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos:

  • 08/11/2018 10:59:47

    Petrolífera ENI reafirma investimento em Angola

    Luanda - A multinacional do sector petrolífero ENI vai continuar a investir em Angola, um mercado onde, nos últimos 12 meses, a empresa registou um aumento da sua produção na ordem dos 50 mil barril/dia.

  • 08/11/2018 10:59:42

    Campus Universitário da UAN retoma obra da Fase 1

    Luanda - Os trabalhos de conclusão da Fase 1 das instalações do Campus Universitário da Universidade Agostinho Neto (UAN), no distrito urbano da Cidade Universitária, à Camama, em Luanda, vão ser retomadas em breve, dependendo unicamente da abertura do respectivo concurso público.