Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Fevereiro de 2018 | 20h00 - Actualizado em 11 Fevereiro de 2018 | 19h59

O móbil dos indivíduos detidos perto da residência do vice-presidente foi uma tentativa de roubo

Luanda - Tudo indica que o móbil das cinco pessoas que foram detidas na semana passada próximo da residência do vice-presidente da República, Bornito de Sousa, no condomínio “Jardim de Rosas”, em Luanda, com material suspeito dentro de uma viatura, foi uma tentativa de roubo no referido condomínio, revelou hoje à ANGOP uma fonte oficial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O advogado dos detidos, Sebastião Assurreira, em declarações à imprensa privada nacional e estrangeira, alegou que os mesmos são operários, mas as autoridades contrapõem com o facto de, na carrinha em que os mesmos foram encontrados, não ter sido achado nenhum material de construção, mas apenas uma metralhadora automática AKÁ, uma catana, luvas, gorros e fita adesiva.

Assurreira acrescentou que os seus clientes estão a ser supostamente acusados de “tentativa de assassinato do vice-presidente da República”, mas a fonte da ANGOP descartou categoricamente essa hipótese. A mesma observou que ainda não existe qualquer acusação formal, pois as investigações não foram concluídas, mas insistiu que o móbil mais plausível dos detidos era a tentativa de roubo.

O facto de estarem estacionados perto da residência do vice-presidente angolano, comentou igualmente a nossa fonte, “parece ter sido apenas uma coincidência, mas é imperioso apurar completamente o acontecido”.

O condomínio “Jardim de Rosas”, note-se, situa-se numa área de Luanda onde, ultimamente, têm sido frequentes os roubos e sequestros. “Como os indivíduos foram detidos perto da residência do vice-presidente, os factos têm de ser investigados com especial rigor”, observou a fonte.

A ANGOP sabe que os meios que noticiaram este facto, em Angola e Portugal, não ouviram quaisquer fontes oficiais.

Leia também
  • 05/11/2018 19:15:33

    Vice-presidente da República trabalha na província do Cunene

    Luanda - O Vice-presidente da República, Bornito de Sousa, desloca-se na terça-feira ao município do Curoca, província do Cunene, para uma visita de trabalho de 48 horas.

  • 01/11/2018 06:47:35

    Comandante reitera combate ao crime com Operação Resgate

    Luanda - O comandante Geral da Polícia Nacional, Paulo de Almeida, reiterou na quarta-feira, em Luanda, que a "Operação Resgate" visa reprimir e prevenir os comportamentos criminosos em todo país.

  • 27/10/2018 19:31:18

    MPLA prepara candidatos para autarquias

    Luanda - A direcção do MPLA está a preparar um conjunto de instrumentos que vão orientar a forma de organização, participação e selecção dos seus candidatos nas autarquias, tendo em conta o significado histórico e político do processo, informou a vice-presidente do partido governante, Luisa Damião.

  • 25/10/2018 23:32:43

    Angola concorre para "ACABQ"

    Luanda - Angola é um dos seis países que concorre para o comité consultivo para as questões administrativas e orçamentais das Nações Unidas (Acabq-sigla em inglês) para o período 2019 a 2021.