Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Novembro de 2018 | 11h04 - Actualizado em 12 Novembro de 2018 | 11h04

Expulsos 26 cidadãos da RDC por estadia ilegal

Mbanza Kongo - Vinte e seis cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) foram repatriados, nos últimos sete dias, pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) na província do Zaire, por irregularidades migratórias.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Zaire: Posto fronteiriço fluvial de Kimbumba (SOYO)

Foto: João F. Cuti

Deste número, 16 cidadãos saíram através do posto fronteiriço do Luvo, 60 quilómetros a norte da cidade de Mbanza Kongo, seis a partir da fronteira terrestre do Nóqui e quatro pelo posto de travessia fluvial do Kimbumba, no município do Soyo, indica uma nota do SME enviada hoje, segunda-feira, à Angop.

Segundo ainda o documento, no mesmo período, o Serviço de Migração e Estrangeiros recusou a entrada no território nacional de 33 cidadãos deste país vizinho, por falta de documentos de viagem válidos e meios de subsistência.

Da cifra, 24 cidadãos foram rejeitados a partir do posto fronteiriço do Luvo, sete no município do Nóqui e dois na comuna fronteiriça do Buela (Cuimba), tendo sido emitidos 338 passes de travessia para os cidadãos nacionais que se deslocaram à RDC, por diversos motivos.

Quanto ao movimento migratório, a nota indica que durante o período em análise, verificou-se a entrada de 280 cidadãos nacionais provenientes deste país vizinho, bem com a saída de 400 outros compatriotas.

No que tange a cidadãos estrangeiros, assistiu-se a entrada oficial no território nacional de 71 cidadãos da RDC, assim como a saída de 35 outros.

Quatro municípios da província do Zaire partilham fronteira com a região do Congo Central (RDC), nomeadamente Mbanza Kongo, Soyo, Cuimba e Nóqui.

    

Leia também
  • 30/01/2019 18:32:34

    SME recolhe estrangeiros em situação migratória ilegal

    Soyo - Duzentos e treze cidadãos da República Democrática do Congo (RDC), que viviam ilegalmente no município do Soyo, província do Zaire, foram recolhidos e repatriados hoje, quarta-feira, pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) na região.

  • 29/01/2019 17:16:49

    SME expulsa estrangeiros por irregularidades migratórias

    Mbanza Kongo - Cinquenta e nove cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) foram expulsos nesta segunda-feira, pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) na província do Zaire, por entrada ilegal no território nacional.

  • 23/01/2019 11:00:44

    Polícia detém 289 violadores de fronteira

    Mbanza Kongo - A Polícia de Guarda Fronteira (PGF) na província do Zaire deteve, nos últimos sete dias, 289 cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) por tentativa de violação do perímetro fronteiriço que separa esta parcela do território nacional da região do Congo Central.

  • 22/01/2019 12:04:56

    Dirigente quer mais capacidade de liderança dos militantes

    Mbanza Kongo - Maior capacidade de liderança e espírito de missão recomenda-se aos militantes do Mpla no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, para garantir a vitória do partido nas próximas eleições autárquicas, marcadas para 2020.