Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

05 Dezembro de 2018 | 21h11 - Actualizado em 06 Dezembro de 2018 | 11h16

Governo avalia processo de reforma do Estado

Luanda - A reforma do Estado, que visa tornar a administração pública mais eficiente, foi avaliada nesta quarta-feira na primeira reunião interministerial, orientada pelo Presidente da República, João Lourenço.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Ministro do MAPTSS, Jesus Maiato

Adão de Almeida, Ministro da Administração do Território e Reforma do Estado

Foto: Francisco Miudo

Segundo o porta-voz desta primeira  reunião, o ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, foi analisado o roteiro da reforma do Estado, cujo  processo de reestruturação visa evitar a sobreposição de ordens e estruturas, bem como a desburocratização e a municipalização dos diferentes serviços

Segundo o governante,  a reestruturação da máquina administrativa a nível central e local visa, também, torná-la mais eficiente e à altura dos desafios da actualidade.

Explicou que muitas das reformas, sob responsabilidade ministerial, estão já em curso, cabendo a comissão interministerial a sua supervisão e monitorização.

Na ocasião, o ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS ), Jesus Faria Maiato, informou que no seu pelouro estão previstas 37 propostas de medidas para melhorar a administração, distribuídas em dez eixos.

Apontou entre as principais acções a redefinição das estruturas centrais dos ministérios e institutos públicos, a gestão integrada dos recursos humanos, incluindo regimes disciplinares e remuneratórios.

O titular do MAPTSS referiu-se ainda sobre a necessidade de um novo sistema de avaliação do desempenho e de remuneração, de acordo com a prestação individual.

Assuntos Executivo  

Leia também