Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Dezembro de 2018 | 04h57 - Actualizado em 09 Dezembro de 2018 | 04h57

PGR vai divulgar processos-crimes de corrupção em Malanje

Malanje - A subprocuradora-geral da República em exercício em Malanje, Lima Caloias, disse sábado, nesta cidade, os processos-crimes de corrupção que correm trâmites na província vão ser divulgados até o final deste mês.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Falando à margem de uma campanha de distribuição de cartilhas informativa sobre a corrupção aos automobilistas e munícipes, no âmbito do Dia Internacional contra a Corrupção, que hoje (domingo) se assinala, a magistrada referiu que a PGR em Malanje tem o registo de muitos crimes do género que nesta altura se encontram em fase de investigação.

Não avançou números nem outros detalhes por questões de segurança e segredo de justiça, referindo que a seu tempo haverá um pronunciamento para a divulgação dos implicados nesses crimes.

Relativamente à distribuição de cartilhas, disse se tratar de uma actividade que visou sensibilizar todos os cidadãos na promoção de valores éticos, no combate a corrupção, branqueamento de capitais e conflitos de interesses.

“Nas cartilhas constam conteúdos como o que é a corrupção, os crimes de corrupção, corrupção passiva e activa, recebimento indevido de vantagem, participação económica em negócio e tráfico de influências”, frisou.

Lima Caloias disse, por outro lado, que a PGR está aberta à sociedade malanjina para prestar quaisquer tipos de esclarecimentos sobre os crimes de corrupção que acontecem na província e no país, tendo apelado aos cidadãos no sentido de denunciarem tais práticas.

Por sua vez, o delegado em exercício da Justiça e dos Direitos Humanos, Nelson Lages, disse que o ministério está a apostar na educação cívica dos cidadãos e no rigor dos serviços públicos, daí a razão da realização da campanha e outras formas de sensibilização dos cidadãos sobre o combate à corrupção.

“A corrupção é um mal que todos devemos combater, pois acarreta muitos riscos para qualquer sociedade”, rematou.

As actividades alusivas ao dia internacional da corrupção decorrem sob o lema “Diga não a corrupção” e culminaram com uma palestra sobre “O combate preventivo da corrupção”, seguido de um debate sobre o tema.

A data foi instituída pela ONU com a assinatura da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, a 9 de Novembro de 2003, mas entrou em vigor apenas em 2005, com objectivo de consciencializar as pessoas sobre a corrupção a nível mundial e enaltecer o papel da ONU no combate ao referido fenómeno.

Leia também
  • 09/12/2018 03:49:29

    UNITA defende aumento de salas de aulas em Malanje

    Malanje - A UNITA em Malanje recomenda a construção de salas de aulas e a reparação de escolas degradadas para a melhoria da qualidade de ensino e aprendizagem nesta província.

  • 09/12/2018 01:32:07

    Dirigente do MPLA pede denúncia dos actos de corrupção

    Malanje - O primeiro secretário provincial de Malanje do MPLA, Norberto dos Santos "Kwata Kanawa", exortou sábado a necessidade da denúncia dos actos de corrupção.

  • 08/12/2018 10:41:12

    Antigos Combatentes recomendam a conclusão de obras sob sua tutela

    Saurimo - Os participantes ao XIX Conselho Consultivo do Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria (MACVP), recomendaram sexta-feira, em Saurimo (Lunda Sul), que se priorize a conclusão das obras de reabilitação e apetrechamento dos centros de restituição física.