Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Dezembro de 2018 | 01h34 - Actualizado em 10 Dezembro de 2018 | 12h28

Presidente da AN regressa ao país

Luanda - O Presidente da Assembleia Nacional (AN), Fernando da Piedade Dias dos Santos, chegou ao princípio da noite de sábado a Luanda, depois de ter participado, em Moçambique, na 44ª Assembleia Plenária do Fórum Parlamentar da SADC, que decorreu de 3 a 7 do corrente, em Maputo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Fernando Da Piedade Dias Dos Santos - Presidente da Assembleia Nacional

Foto: Clemente Santos

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, Fernando da Piedade Dias dos Santos, que não prestou declarações à imprensa, recebeu cumprimentos de boas-vindas da primeira-vice-presidente da AN, Emília Carlota Dias, entre outras individualidades presentes.

Durante o encontro foram analisados, entre outros aspectos, a transformação do Fórum Parlamentar da SADC em Parlamento Regional, e a transferência da sua liderança de Angola para Moçambique.

Foi ainda debatido o Programa Estratégico do Fórum, do período de 2019/2023, no sentido de que estejam definidos a visão e os objectivos estratégicos, para uma base de trabalho coerente.

O Fórum Parlamentar da SADC foi criado em 1997, na cidade Blantyre, Malawi, por ocasião da 17ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da comunidade como instituição autónoma, e é composto por 14 parlamentos da região.

Tem como objectivo servir de plataforma através da qual, os deputados, enquanto representantes eleitos dos povos, participem no exercício legislativo e na formulação de políticas, assegurando que os pontos de vista dos cidadãos sejam incorporados no referido processo, a nível regional, na procura da realização da agenda de integração regional.

Dedica particular atenção à promoção dos direitos humanos e da democracia na região, bem como a discussão de matérias de interesse para os países e povos da comunidade. A sua Assembleia Plenária reúne 84 deputados.

Assuntos Assembleia Nacional  

Leia também