Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Dezembro de 2018 | 20h00 - Actualizado em 11 Dezembro de 2018 | 19h00

Governador defende mais participação na luta à corrupção

Sumbe - O governador provincial do Cuanza Sul, Eusébio de Brito Teixeira, defendeu nesta terça-feira uma participação activa da sociedade na luta contra a corrupção, uma das prioridades do mandato do Presidente João Lourenço.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Eusebio de Brito Teixeira Governador do Kuanza Sul

Foto: Francisco Miudo

Eusébio de Brito Teixeira falava na abertura do seminário sobre prevenção e combate à corrupção, e alertou para a necessidade do alargamento dessa acção a todos estratos da sociedade.

 “Não podemos limitar a nossa visão apenas aos que exercem cargos de direcção e chefia na administração pública”, afirmou.

No encontro promovido pela Procuradoria-geral da República (PGR), o governador sublinhou que o Executivo está a reforçar os mecanismos institucionais de acompanhamento e fiscalização contra a corrupção.

Igualmente no quadro do Dia Internacional Contra a Corrupção assinalado a 9 do mês em curso, o governador provincial do Uíge, Pinda Simão, pediu o incremento das acções de defesa dos direitos humanos.

Para Pinda Simão as questões sobre os direitos humanos devem merecer maior divulgação junto da população.

No Cunene, quarenta e seis processos de corrupção, branqueamento de capitais e conexos foram notificados pela PGR, 13 dos quais introduzidos a julgamento para acusação.

O facto foi anunciado pelo Procurador adjunto da República junto do Serviço de Investigação Criminal (SIC), Dionísio de Jesus, durante uma mesa redonda sobre a “corrupção”.

O 9 de Dezembro foi instituído pela ONU com a assinatura da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção. A Convenção entrou em vigor em 2005.

O objectivo da data é consciencializar sobre a corrupção a nível mundial e enaltecer o papel da ONU no combate à corrupção.

Leia também
  • 11/12/2018 19:56:20

    PGR restitui viaturas retidas no Cunene

    Ondjiva - Sete das 343 viaturas retidas na província do Cunene, ao abrigo dos Decretos Presidenciais que proibiam a entrada no país de automóveis com mais de três anos de uso, foram restituídas aos nesta terça-feira aos seus proprietários.

  • 10/12/2018 19:13:55

    MPLA assinala 62 anos de existência

    Luanda - O MPLA, partido no poder em Angola, assinala nesta segunda-feira (10) 62 anos de existência. O acto central da efeméride aconteceu sábado localidade do Waco Cungo (Cuanza Sul).

  • 09/12/2018 10:13:46

    MPLA apela militantes apoiarem esforços do executivo

    Uíge - O primeiro secretário provincial do MPLA no Uíge, Pinda Simão, apelou sábado, no município do Sanza Pombo, ao apoio aos esforços do Executivo, tendentes à criação de melhores condições de vida dos angolanos.