Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

19 Dezembro de 2018 | 11h56 - Actualizado em 20 Dezembro de 2018 | 10h35

Autoridades denunciam retorno de estrangeiros ao garimpo

Lucapa - As autoridades tradicionais do povoado de Macuia, em Calonda, município do Lucapa, na Lunda Norte, denunciaram, terça-feira, o retorno de estrangeiros ilegais às áreas de garimpo dos diamantes, que haviam abandonado o país no quadro do repatriamento voluntário.

Por: gito santos

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Instrumentos utilizados para garimpo de diamantes na Lunda Norte (arquivo)

Foto: Henri Celso

O facto foi apresentado à imprensa pelos anciãos, Alberto Ndjimi e Cassacala Ngunda, à margem da visita que o governador, Ernesto Muangala, efectuou àquela região para a constatação do andamento da Operação Transparência.

Os  sobas argumentaram que após terem  saído voluntariamente do território nacional, os estrangeiros identificados como congoleses democráticos continuam a regressar e, no período nocturno, praticam o garimpo,  com  o patrocínio dos chamados “Boss” em  conivência  com os  agentes da ordem  destacados na referida  concessão diamantífera da Endiama.

Pedem  às autoridades competentes a tomada de atitudes mais sérias e responsáveis, contando que estão a ser vítimas de maltratos dos invasores estrangeiros.

 Presente na comitiva, o director do Gabinete Provincial dos Recursos Minerais, Hermenegildo Gomes,  confirma  haver  já zonas  livres de  garimpo, certo  de  que  a Operação Transparência continua a combater  os pequenos  focos  ainda  existentes.  

O governo provincial decidiu actar os conselhos e debateu com as autoridades locais questões ligadas à agricultura  mecanizada e do pessoal qualificado para o efeito, tidas como  prioritárias  em 2019.

Decidiu a intensificação de acções pedagógicas para o combate à malária e ao HIV-SIDA,  o último com  24 casos diagnosticados de Janeiro a Setembro deste ano, doença que a maioria dos munícipes, por  ignorância, entende combater com  métodos tradicionais.

Leia também
  • 05/02/2019 20:51:37

    Norberto Garcia é interrogado na quarta-feira

    Luanda - O réu Norberto Garcia, antigo director da Unidade Técnica para Investimento Privado (UTIP), vai ser interrogado esta quarta-feira durante a 9ª sessão de julgamento da Burla Tailandesa que decorre na 1ª Câmara Criminal do Tribunal Supremo.

  • 05/02/2019 05:43:18

    Pinda Simão enaltece sacrifício dos nacionalistas

    Uíge - O governador provincial do Uíge, Pinda Simão, enalteceu o empenho dos heróis de 04 de Fevereiro, que deram à sua vida e consentiram sacrifícios para o alcance da independência nacional.

  • 05/02/2019 00:46:39

    Município de Camacupa ganha novas infraestruturas sociais

    Camacupa - A população do município de Camacupa, província do Bié, ganhou novas infra-estruturas sociais, inauguradas segunda-feira no quadro das celebrações do Dia do início da Luta Armada.

  • 04/02/2019 16:37:21

    Inauguração de vários empreendimentos marca 53º aniversário do início da Luta Armada

    Camanongue - A inauguração de um Jango para os antigos combatentes e veteranos da pátria e do Centro Infantil Comunitário (CIC), hoje, segunda - feira, na sede municipal de Camanongue, pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, marcou as comemorações do 53º aniversário do início da luta armada em Angola.