Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Março de 2018 | 12h06 - Actualizado em 13 Março de 2018 | 17h30

Destacada importância dos serviços de inteligência do Estado angolano

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, destacou nesta terça-feira, em Luanda, a importância dos serviços de inteligência na garantia da defesa e soberania de Angola.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Presidente da República, João Lourenço (à dir.), confere posse ao chefe do SINSE, Fernando Miala

Foto: Pedro Parente

Presidente da República, João Lourenço (à dir.), confere posse ao chefe do SINSE, Fernando Miala

Foto: Pedro Parente

João Lourenço falou na cerimónia de empossamento do chefe do Serviço de Inteligência e Segurança do Estado (SINSE), Fernando Garcia Miala, por si nomeado na última segunda-feira.

No Palácio Presidencial, o Chefe de Estado angolano disse que o general Fernando Miala, embora empossado numa conjuntura de paz no país, não deixa de ter grandes desafios na sua missão.

Segundo o Presidente, a experiência deste responsável militar, que já havia exercido o cargo há anos atrás, vai contribuir para a melhoria da eficácia do trabalho dos serviços de inteligência.

“Fomos buscar alguém que, como poucos, passou praticamente por todos os serviços de inteligência no nosso país”, aferiu.

No Salão Nobre do Palácio Presidencial, antes do acto de posse, o Presidente da República e Comandante-Em-Chefe das Forças Armadas Angolanas, João Lourenço, por inerência de funções promoveu Fernando Garcia Miala ao grau de general.

Antes da promoção, Fernando Miala ostentava a patente de tenente-general.

Numa outra cerimónia, João Lourenço conferiu também posse a Josefa António dos Santos Neto no cargo de juíza conselheira do Tribunal Constitucional.

“Contamos com o seu saber para ajudar a dignificar, cada vez mais, a justiça angolana”,  referiu o Presidente.

Leia também
  • 08/11/2018 17:21:25

    Reino Unido confirma financiamento a Angola

    Luanda - A baronesa britânica Lindsay Northover, enviada especial da primeira-ministra, Theresa May, confirmou hoje, quinta-feira, que o governo do seu país tem disponível para Angola financiamento para projectos nos sectores da energia e saúde.

  • 08/11/2018 10:59:47

    Petrolífera ENI reafirma investimento em Angola

    Luanda - A multinacional do sector petrolífero ENI vai continuar a investir em Angola, um mercado onde, nos últimos 12 meses, a empresa registou um aumento da sua produção na ordem dos 50 mil barril/dia.

  • 08/11/2018 10:59:42

    Campus Universitário da UAN retoma obra da Fase 1

    Luanda - Os trabalhos de conclusão da Fase 1 das instalações do Campus Universitário da Universidade Agostinho Neto (UAN), no distrito urbano da Cidade Universitária, à Camama, em Luanda, vão ser retomadas em breve, dependendo unicamente da abertura do respectivo concurso público.

  • 08/11/2018 10:59:35

    PR aprova crédito adicional para Mecanagro e Sopir

    Luanda - Três mil milhões de Kwanzas é o valor do crédito adicional aprovado pelo Presidente da República, João Lourenço, para permitir o pagamento dos salários em atraso e da contribuição devida ao Instituto Nacional de Segurança Social, dos trabalhadores das empresas Mecanagro e Sopir - Sociedade de Desenvolvimento dos Perímetros Irrigados.