Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Março de 2018 | 21h16 - Actualizado em 12 Março de 2018 | 21h15

Recenseamento militar ultrapassa previsões

Huambo - Três mil e 30 jovens do sexo masculino, nascidos em 2000, foram recenseados no município do Huambo, província com o mesmo nome, no âmbito do processo de recenseamento militar obrigatório, decorrido entre 4 de Janeiro a 28 de Fevereiro, em todo o país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo: Recenseamento militar

Foto: frank beu

A informação foi divulgada hoje, segunda-feira, em declarações à Angop, pelo director da repartição local dos Registos, Jeremias José, tendo informado que a previsão era recensear 1500 jovens, mostrando-se, por isso, satisfeito com a adesão massiva dos abrangidos.

O recenseamento militar obrigatório é um acto de registo do Estado angolano que tem por finalidade obter a informação de todos os cidadãos que atingem, em cada ano, a idade do início das obrigações militares, no quadro da Lei nº 1/93, de 26 de Março.

Por isso, Jeremias José informou que o jovem que não cumpriu com este dever cívico não poderá frequentar aulas, também ser-lhe-á negada a emissão de documentos pessoais, assim como não poderá contrair matrimónio na conservatória do registo civil.

Realçou que o recenseamento militar é tratado no ano em que o cidadão completa 18 anos de idade, razão pela qual deve fazê-lo neste mesmo período, visto que se for no ano seguinte deverá apenas obter uma declaração militar, com obrigação de renová-la de três em três anos, por ser um refratário.

Segundo o director da repartição dos Registos da Administração do Huambo, os cidadãos que terão extraviado o seu documento devem renová-lo a qualquer momento no Distrito de Recrutamento Militar (DRM) das Forças Armadas Angolanas.

Leia também
  • 21/03/2018 19:56:39

    Militantes do MPLA orientados a ser mais dinâmicos

    Huambo - Os militantes do MPLA no Huambo foram, hoje, orientados a ser mais dinâmicos, indo ao encontro dos cidadãos a quem devem transmitir as linhas de força do partido constantes do regulamento e estatuto.

  • 21/03/2018 19:43:14

    João Lourenço já está em Luanda

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, regressou na noite desta quarta-feira a Luanda, proveniente de Kigali, República do Rwanda, onde rubricou, na companhia de 53 líderes africanos, o acordo para o lançamento da Zona de Livre Comércio Continental (ZCLC), no âmbito da X Cimeira Extraordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA).

  • 21/03/2018 13:12:37

    Líderes juvenis angolanos formados em Moçambique

    Luanda - Vinte jovens angolanos de diversas organizações da sociedade civil, participam em Maputo, Moçambique, na quinta edição de formação de jovens futuros líderes africanos (YALI), evento que entra hoje, quarta-feira, no terceiro dia de actividades.

  • 21/03/2018 12:17:48

    Político considera fundamental conhecimento da história

    Lubango - A necessidade dos jovens conhecerem a história de Angola, incluindo as principais batalhas para a independência nacional e conquista da paz, foi defendida na terça-feira, na província da Huíla, pelo segundo secretário municipal do MPLA no Lubango, Augusto Kwanga.