Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Março de 2018 | 21h16 - Actualizado em 12 Março de 2018 | 21h15

Recenseamento militar ultrapassa previsões

Huambo - Três mil e 30 jovens do sexo masculino, nascidos em 2000, foram recenseados no município do Huambo, província com o mesmo nome, no âmbito do processo de recenseamento militar obrigatório, decorrido entre 4 de Janeiro a 28 de Fevereiro, em todo o país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo: Recenseamento militar

Foto: frank beu

A informação foi divulgada hoje, segunda-feira, em declarações à Angop, pelo director da repartição local dos Registos, Jeremias José, tendo informado que a previsão era recensear 1500 jovens, mostrando-se, por isso, satisfeito com a adesão massiva dos abrangidos.

O recenseamento militar obrigatório é um acto de registo do Estado angolano que tem por finalidade obter a informação de todos os cidadãos que atingem, em cada ano, a idade do início das obrigações militares, no quadro da Lei nº 1/93, de 26 de Março.

Por isso, Jeremias José informou que o jovem que não cumpriu com este dever cívico não poderá frequentar aulas, também ser-lhe-á negada a emissão de documentos pessoais, assim como não poderá contrair matrimónio na conservatória do registo civil.

Realçou que o recenseamento militar é tratado no ano em que o cidadão completa 18 anos de idade, razão pela qual deve fazê-lo neste mesmo período, visto que se for no ano seguinte deverá apenas obter uma declaração militar, com obrigação de renová-la de três em três anos, por ser um refratário.

Segundo o director da repartição dos Registos da Administração do Huambo, os cidadãos que terão extraviado o seu documento devem renová-lo a qualquer momento no Distrito de Recrutamento Militar (DRM) das Forças Armadas Angolanas.

Leia também
  • 05/02/2019 20:51:37

    Norberto Garcia é interrogado na quarta-feira

    Luanda - O réu Norberto Garcia, antigo director da Unidade Técnica para Investimento Privado (UTIP), vai ser interrogado esta quarta-feira durante a 9ª sessão de julgamento da Burla Tailandesa que decorre na 1ª Câmara Criminal do Tribunal Supremo.

  • 05/02/2019 05:43:18

    Pinda Simão enaltece sacrifício dos nacionalistas

    Uíge - O governador provincial do Uíge, Pinda Simão, enalteceu o empenho dos heróis de 04 de Fevereiro, que deram à sua vida e consentiram sacrifícios para o alcance da independência nacional.

  • 05/02/2019 00:46:39

    Município de Camacupa ganha novas infraestruturas sociais

    Camacupa - A população do município de Camacupa, província do Bié, ganhou novas infra-estruturas sociais, inauguradas segunda-feira no quadro das celebrações do Dia do início da Luta Armada.

  • 04/02/2019 16:37:21

    Inauguração de vários empreendimentos marca 53º aniversário do início da Luta Armada

    Camanongue - A inauguração de um Jango para os antigos combatentes e veteranos da pátria e do Centro Infantil Comunitário (CIC), hoje, segunda - feira, na sede municipal de Camanongue, pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, marcou as comemorações do 53º aniversário do início da luta armada em Angola.