Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Abril de 2018 | 17h36 - Actualizado em 13 Abril de 2018 | 17h36

JMPLA chamada a contribuir na reconstrução e desenvolvimento do país

Cabinda - Os jovens do MPLA são chamados a assumirem o seu papel de vanguarda e contribuir positivamente para a reconstrução e desenvolvimento do país, visando a melhoria das condições de vida das populações e a garantia do bem-estar social, económico e cultural.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O apelo foi lançado hoje, sexta-feira, pelo segundo secretário provincial de Cabinda do MPLA, Alberto Francisco David, durante o acto de abertura da IV reunião ordinária do comité provincial da JMPLA, que decorre nesta cidade.

Alberto Francisco David disse que, neste âmbito, a JMPLA na província de Cabinda deverá revitalizar o movimento juvenil de brigadas, engajando os seus militantes e jovens em geral nas exaltantes tarefas da reconstrução e desenvolvimento do país, bem como continuar a promover e acompanhar as brigadas especializadas, com o propósito de assegurar o desenvolvimento da juventude nas tarefas do ensino e instrução dos mais necessitados.

O segundo secretário do MPLA em Cabinda incentivou o secretariado provincial da JMPLA no sentido de continuar a dar atenção especial a jovens portadores de deficiência física e mental, criando mais programas concretos para sua adequada e efectiva inserção social, bem como continuar a desenvolver acções que facilitem a formação profissional dos jovens de ambos os sexos, com vista a sua integração no mercado de trabalho em igualdade oportunidades.

Sublinhou também a necessidade de se continuar a promover saraus culturais em todas as circunscrições administrativas, visando a descoberta, promoção e divulgação de novos talentos a desabrocharem no mundo das artes nas suas variadas disciplinas, bem como apoiar o fortalecimento do movimento associativo e a unidade da juventude em torno dos seus objectivos.

A JMPLA é igualmente chamada a contribuir para a solução dos problemas da juventude angolana, apoiar os esforços do governo e da sociedade angolana em geral na efectivação das principais aspirações desta classe constantes no Plano Nacional da Juventude.

A reunião debruçou-se sobre temas relacionados com o relatório das actividades desenvolvidas pelo secretariado provincial, no período de Abril de 2016 a Dezembro de 2017, e o respectivo parecer da comissão de auditoria e disciplina, plano de actividades para o ano de 2018 e o respectivo parecer da comissão de disciplina e auditoria, bem como o relatório das actividades desenvolvidas pela comissão de auditoria e disciplina no mesmo período.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também
  • 04/11/2018 15:11:38

    Movimento migratório em Cabinda oscila em função da crise financeira

    Cabinda - O movimento migratório de cidadãos nacionais e de estrangeiros nas fronteiras da província de Cabinda com os Congos Democrático e Brazzavile tem vindo a oscilar desde 2015, devido a crise económica que se regista no país, já que o mesmo é alimentado pelo comércio.

  • 24/10/2018 17:37:31

    SME em Cabinda emite mais de três mil passaportes

    Cabinda - Três mil e 441 passaportes foram emitidos pela direcção provincial dos Serviços de Migração e Estrangeiros (SME) em Cabinda, de Janeiro a Setembro do corrente ano, avançou à Angop o director provincial, Aristides Luís Costa.

  • 23/10/2018 12:55:16

    Expulsos mais de dez mil estrangeiros de Janeiro a Setembro

    Cabinda - Dez mil e 384 cidadãos estrangeiros foram expulsos do território angolano, de Janeiro a Setembro do corrente ano, por irregularidades migratórias.

  • 12/10/2018 20:09:03

    CNE incinera materiais usados nas eleições gerais

    Luanda - A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) iniciou nesta sexta-feira a destruição de boletins de votos e de materiais utilizados nas eleições gerais de 23 de Agosto de 2017, vencidas pelo MPLA e o seu candidato, João Lourenço.