Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Abril de 2018 | 19h34 - Actualizado em 13 Abril de 2018 | 19h34

LIMA desafiada a estar mais envolvida nas acções de desenvolvimento nacional

Huambo - As militantes da LIMA foram desafiadas hoje, sexta-feira, na província do Huambo, a se envolverem mais nas acções que visam desenvolver o país, para que esta organização feminina da UNITA se torne útil para o país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O desafio foi lançado pelo secretário da UNITA nesta região, Liberty Marlin Dircéu Samuel Chiyaka, durante o acto de posse da nova presidente local da LIMA, Angelina Tulumba, tendo salientando que o alcance do bem-estar dos angolanos deve contar com o envolvimento das militantes da organização.

Segundo ele, desde a sua fundação, a 18 de Junho de 1972, a organização feminina do maior partido de oposição em Angola sempre se destacou na luta pela democracia, pela paz e plena efectivação da cidadania.

Para o responsável da UNITA na província do Huambo, uma das formas da LIMA continuar a desempenhar um papel decisivo para o país é instruir as suas militantes a terem compromisso com a pátria, acima de tudo.

Liberty Chiyaca reiterou, na sua intervenção, o compromisso político e multiforme da direcção do partido para que a organização feminina cumpra com a sua missão histórica, essencialmente, de resgate dos valores políticos, culturais, cívicos e morais, no seio dos angolanos.

A nova presidente da LIMA, Angelina Tulumba, eleita em assembleia de militantes em Dezembro último, substitui Glória Fidel, no cargo desde 2012.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também