Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

16 Abril de 2018 | 16h16 - Actualizado em 16 Abril de 2018 | 16h15

Preocupações da juventude apresentadas ao Presidente da República

Luanda - Questões ligadas à habitação, formação técnico e profissional, emprego, linhas de créditos, entre outras, foram apresentadas nesta segunda-feira, em Luanda, ao Presidente da República, João Lourenço, como principais preocupações da juventude angolana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Presidente da República, João Lourenço (à dir.), recebe em audiência direcção do Conselho Nacional da Juventude

Foto: Francisco Miudo

Presidente da República, João Lourenço (à dir.), recebe em audiência direcção do Conselho Nacional da Juventude

Foto: Francisco Miudo

O Titular do Poder Executivo concedeu uma audiência aos membros do Conselho Nacional da Juventude (CNJ), encabeçados pelo presidente da organização, António Tingão Mateus, no intuito de auscultar as principais inquietações do dia a dia, para mitigá-las.

Segundo o líder da associação juvenil, o Chefe de Estado angolano ouviu as preocupações e comprometeu-se em analisá-las com atenção.

De acordo com António Tingão, o Conselho Nacional da Juventude defende a aprovação da Lei do Plano Nacional da Juventude, com vista a permitir que os jovens beneficiem dos projectos do Executivo para o desenvolvimento do país.

Relativamente ao projecto PRO-JOVEM, o CNJ é a favor da existência da linha de créditos, embora existam elementos da sua operacionalização que a organização não concorda.

O projecto pro-jovem, por orientação do anterior Executivo, havia beneficiado junto do Banco de Desenvolvimento Angolano (BDA) de uma linha de crédito no valor de quatro mil milhões de Kwanzas, para a execução de 226 programas ligados à juventude.

Na ocasião, a ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento, que testemunhou a audiência, informou que o Ministério trabalha com o CNJ para rever a situação da linha de crédito afecto ao pro-jovem .

Disse que a intenção do pelouro que dirige é continuar a implementar o programa do Plano Nacional da Juventude e, junto da camada juvenil, discutir as prioridades.

Leia também
  • 08/11/2018 17:21:25

    Reino Unido confirma financiamento a Angola

    Luanda - A baronesa britânica Lindsay Northover, enviada especial da primeira-ministra, Theresa May, confirmou hoje, quinta-feira, que o governo do seu país tem disponível para Angola financiamento para projectos nos sectores da energia e saúde.

  • 08/11/2018 10:59:47

    Petrolífera ENI reafirma investimento em Angola

    Luanda - A multinacional do sector petrolífero ENI vai continuar a investir em Angola, um mercado onde, nos últimos 12 meses, a empresa registou um aumento da sua produção na ordem dos 50 mil barril/dia.

  • 08/11/2018 10:59:42

    Campus Universitário da UAN retoma obra da Fase 1

    Luanda - Os trabalhos de conclusão da Fase 1 das instalações do Campus Universitário da Universidade Agostinho Neto (UAN), no distrito urbano da Cidade Universitária, à Camama, em Luanda, vão ser retomadas em breve, dependendo unicamente da abertura do respectivo concurso público.

  • 08/11/2018 10:59:35

    PR aprova crédito adicional para Mecanagro e Sopir

    Luanda - Três mil milhões de Kwanzas é o valor do crédito adicional aprovado pelo Presidente da República, João Lourenço, para permitir o pagamento dos salários em atraso e da contribuição devida ao Instituto Nacional de Segurança Social, dos trabalhadores das empresas Mecanagro e Sopir - Sociedade de Desenvolvimento dos Perímetros Irrigados.