Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

23 Abril de 2018 | 20h59 - Actualizado em 24 Abril de 2018 | 20h18

Empossado e promovido a general de exército CEMG das FAA

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, empossou e promoveu ao grau de general de Exército o chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), António Egídio de Sousa Santos, nomeado por si nesta segunda-feira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente João Lourenço, empossa Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), António Egídio de Sousa Santos

Foto: Cortesia de Francisco Bernardo/Edições Novembro

A indicação do general Egídio de Sousa Santos, em substituição de Geraldo Sachipengo Nunda, ocorreu no final de uma reunião da Conselho de Segurança Nacional.

Foi também empossado o general Geraldo Abreu Muhengo Ukuachitembo, para o cargo de Chefe do Estado Maior General Adjunto para a Área Operacional e de Desenvolvimento.

Foram igualmente empossados António Guilherme Herman Gonçalves Mangueira, para o cargo de Director do Gabinete de Voo Presidencial, e Leonel Pinto da Cruz, para o cargo de Director do Gabinete de Obras Especiais.

O novo Chefe de Estado Maior-General da FAA apontou como prioridade a reedificação das Forças Armadas Angolanas, visando a sua modernização.

Sublinhou que o processo de reedificação das FAA será implementado em várias etapas, no cumprimento das orientações do Comandante-Em-Chefe.

O general Egídio de Sousa Santos disse que as forças armadas vão reforçar a participação no programa de moralização da sociedade angolana.

O general António Egídio de Sousa Santos já desempenhou funções de chefe do Estado Maior General-Adjunto para a Área de Educação Patriótica das FAA.

Assuntos Defesa   Forças Armadas  

Leia também
  • 25/10/2018 16:07:47

    Angola tem défice no sector museológico militar

    Luanda - O país enfrenta um défice de quadros nos sectores bibliotecário e museológico, situação que está a dificultar o pleno funcionamento dessas estruturas, segundo o director do Museu Nacional de História Militar, general Silvestre Francisco.

  • 12/09/2018 12:20:13

    Comandante das FAA considera estável situação na fronteira Angola/Namíbia

    Lubango - A situação na fronteira entre Angola e Namíbia, no domínio da defesa, é calma e estável, segundo o chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (CEMG/FAA), Egídio de Sousa Santos "Disciplina".

  • 08/09/2018 09:49:13

    Comissão Mista de Defesa e Segurança Angola/Namíbia reúne-se no Lubango

    Lubango - A 20ª Reunião da Comissão Mista de Defesa e Segurança Angola/Namíbia, a decorrer de 10 a 13 do mês em curso, na cidade do Lubango, província da Huíla, vai prespectivar acções subsequentes de interesse bilateral, nos domínios da defesa e segurança entre os dois países.

  • 11/06/2018 17:06:46

    Sérvia quer formar cadetes angolanos

    Luanda - Vinte e cinco cadetes das Forças Armadas Angolanas (FAA) poderão ser formados nas áreas militares e de medicina na República da Sérvia, em 2019, no quadro da cooperação existente entre os ministérios da Defesa de Angola e daquele país do sudeste europeu.