Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

18 Agosto de 2018 | 12h44 - Actualizado em 18 Agosto de 2018 | 13h24

Namíbia: Implementação da estratégia para industrialização anima SADC

Windhoek (Dos enviados especiais) - A 38ª cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), decorrida em Windhoek de 17 a 18, notou com satisfação o progresso feito na implementação da estratégia e roteiro para a industrialização do órgão para o período 2015-2063.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da República, João Lourenço, na sessão de abertura da Cimeira da SADC

Foto: Alberto Juliao

O facto consta do comunicado final da Cimeira, terminada hoje, sábado, onde Angola esteve representada pelo Presidente da República, João Lourenço, que depois de um ano de mandato passou a presidência rotativa do Órgão de Cooperação Política, Defesa e Segurança ao seu homólogo da Zâmbia, Edgar Lungu.

De acordo com o documento distribuído à imprensa, os participantes exortaram os estados membros a continuar empenhados na implementação da agenda para a industrialização da SADC como principal prioridade para a região.

Com 35 pontos, o comunicado final refere que a Cimeira avaliou o desempenho económico regional e exortou os países integrantes do bloco regional a redobrar esforços tendentes a diversificar as economias e melhorar os mecanismos de arrecadação de receitas internas e a gestão da despesa pública.

A estratégia da SADC é a de um futuro comum, de garantir o bem-estar económico, a melhoria dos padrões e qualidade de vida, a liberdade e a justiça social, assim como a paz e segurança para os povos da África Austral.

Neste sentido, aprovou a operacionalização da universidade de transformação da organização sob o modelo de uma universidade virtual, para que se concentre no empreendedorismo, inovação, comercialização, transferência de tecnologia, desenvolvimento empresarial, economia digital e do conhecimento, para apoiar a implementação da agenda de industrialização da SADC.

Aos estados membros, o encontro exortou aos que ainda não assinaram ou ratificaram o acordo sobre a Zona de Comércio Livre Tripartida (ZCLT) a fazê-lo, e a finalizar, com celeridade a troca das ofertas pautais e a criar condições para a implementação desta.

Notou com agrado que a união das Comores depositou o seu instrumento de adesão à SADC, tendo felicitado aquele país por ter aderido ao tratado do órgão e passar a integrar a comunidade como membro de pleno direito.

No sector da saúde, a Cimeira aprovou a declaração sobre a erradicação da malária na região da SADC para colocar firmemente o fim desta doença na agenda de todos os países da organização.

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) surge com a transformação da então SADCC, em 1992, com um conjunto de 15 nações, totalizando um PIB de cerca de 226 biliões de dólares e uma população de aproximadamente 210 milhões de pessoas.

Dela fazem parte Angola, África do Sul, Comores, Botswana, Namíbia, Tanzânia, República Democrática do Congo, Ilhas Maurícias, Ilhas Seychelles, Malawi, eSwatini, Leshoto, Zimbabwe, Madagáscar, Moçambique e Zâmbia.
 

Leia também
  • 18/08/2018 12:34:06

    Namíbia: João Lourenço já de regresso a Luanda

    Windhoek (Dos enviados especiais) - O Presidente angolano, João Lourenço, deixou hoje, sábado, as 11h15 locais a cidade de Windhoek (Namibia) de regresso a Luanda, depois de ter participado na 38ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), que teve lugar de 17 a 18 do corrente mês.

  • 17/08/2018 19:02:24

    Integra do discurso de João Lourenço na 38ª Cimeira da SADC

    Windhoek - Discurso de Sua Excelência João Lourenço, Presidente da República de Angola, na 38ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), realizada na Namíbia, de 17 a 18 de Agosto de 2018.

  • 17/08/2018 17:07:00

    Paz constitui principal desafio da SADC

    Windhoek (Dos enviados especiais) - O Chefe de Estado sul-africano, Cyril Ramaphosa, considerou a paz e segurança como os principais desafios para a região austral de África.