Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

26 Agosto de 2018 | 16h37 - Actualizado em 27 Agosto de 2018 | 08h24

Militantes da OMA capacitadas sobre autarquias

Menongue - Pelo menos 36 militantes da Organização da Mulher Angolana (OMA) residentes em Menongue, capital do Cuando Cubango, foram capacitados, nesta sexta-feira, sobre o seu engajamento na participação das autarquias locais, previstas para 2020.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arquivo: Rosa Cacuhu - 1ª secretária provincial da OMA

Foto: Armândio Morais

A 1ª secretária da OMA no Cuando Cubango, Rosa Cacuhu, disse que o IIº seminário metodológico visou engradecer o empenho das militantes no cumprimento dos princípios que norteiam a organização, contribuindo assim para aumentar a unidade entre elas.

Recordou que as eleições autárquicas, previstas para o ano de 2020, serão realizadas primeira vez em Angola de forma faseada nos 146 municípios, em que as mulheres, que constituem a maioria da população, devem ser as maiores mobilizadoras.

De acordo com a 1ª secretária, desta forma as suas famílias poderão participar activamente neste processo, porque será com voto que se consolida a democracia.

“Em cada uma das fases e etapas reveste-se de uma importância estratégica a sensibilização e mobilização das mulheres para exercerem o seu direito de voto com um dever de cidadania”, precisou.

Avançou que a formação serviu igualmente para que as mulheres alcancem esta meta e levem os bons frutos conquistados para a mobilização do eleitorado, sobretudo nas autarquias que se avizinham.

Para a responsável, é necessário um maior empenho e protagonismo das dirigentes e quadros da OMA para que se possa dinamizar as estruturas e facilitar a criação de um banco de dados e divulgar as actividades da organização.

“Também é importante que se incentive a cobrança ou pagamento da quota como um dever de cada militante, dependendo da realidade de cada município”, defendeu a responsável da OMA.

A par do tema principal sobre a participação das mulheres nas autarquias locais, as presentes trataram igualmente da organização de quadros e finanças, de promoção e desenvolvimento da mulher, informação e novas tecnologias, bem como da solidariedade e aconselhamento jurídico.

Leia também
  • 26/08/2018 05:16:17

    MPLA considera figura José Eduardo dos Santos figura incontornável na história do país

    Menongue - O empenho, entrega, competência e serenidade, humanismo e patriotismo à causa da Nação Angolana fazem com que José Eduardo dos Santos, seja merecedor de uma justa e merecida homenagem, como herói da Pátria e símbolo de unidade e reconciliação nacional.

  • 22/08/2018 19:47:00

    Campanha atribui mais de dois mil registos civis

    Menongue - Dois mil e 800 cidadãos receberam cédulas pessoas e assentos de nascimento na província do Cuando Cubango, de Janeiro a Agosto do ano em curso, durante a fase inicial da campanha de massificação de registo civil e atribuição do Bilhete de Identidade (B.I).

  • 20/08/2018 19:37:00

    Unita solicita melhorias pontuais na província

    Menongue - A recuperação de principais estradas, criação de condições para distribuição de energia e água de forma regular, garantia de serviços de saúde naquela região do país, foi solicitada hoje, segunda-feira, pelo secretário provincial da Unita no Cuando Cubango, Adriano Abel Sapiñala.