Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

26 Agosto de 2018 | 16h37 - Actualizado em 27 Agosto de 2018 | 08h24

Militantes da OMA capacitadas sobre autarquias

Menongue - Pelo menos 36 militantes da Organização da Mulher Angolana (OMA) residentes em Menongue, capital do Cuando Cubango, foram capacitados, nesta sexta-feira, sobre o seu engajamento na participação das autarquias locais, previstas para 2020.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arquivo: Rosa Cacuhu - 1ª secretária provincial da OMA

Foto: Armândio Morais

A 1ª secretária da OMA no Cuando Cubango, Rosa Cacuhu, disse que o IIº seminário metodológico visou engradecer o empenho das militantes no cumprimento dos princípios que norteiam a organização, contribuindo assim para aumentar a unidade entre elas.

Recordou que as eleições autárquicas, previstas para o ano de 2020, serão realizadas primeira vez em Angola de forma faseada nos 146 municípios, em que as mulheres, que constituem a maioria da população, devem ser as maiores mobilizadoras.

De acordo com a 1ª secretária, desta forma as suas famílias poderão participar activamente neste processo, porque será com voto que se consolida a democracia.

“Em cada uma das fases e etapas reveste-se de uma importância estratégica a sensibilização e mobilização das mulheres para exercerem o seu direito de voto com um dever de cidadania”, precisou.

Avançou que a formação serviu igualmente para que as mulheres alcancem esta meta e levem os bons frutos conquistados para a mobilização do eleitorado, sobretudo nas autarquias que se avizinham.

Para a responsável, é necessário um maior empenho e protagonismo das dirigentes e quadros da OMA para que se possa dinamizar as estruturas e facilitar a criação de um banco de dados e divulgar as actividades da organização.

“Também é importante que se incentive a cobrança ou pagamento da quota como um dever de cada militante, dependendo da realidade de cada município”, defendeu a responsável da OMA.

A par do tema principal sobre a participação das mulheres nas autarquias locais, as presentes trataram igualmente da organização de quadros e finanças, de promoção e desenvolvimento da mulher, informação e novas tecnologias, bem como da solidariedade e aconselhamento jurídico.

Leia também
  • 01/02/2019 21:30:14

    FAA apela à transmissão de conhecimento

    Luanda - O chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, Egídio de Sousa Santos, apelou hoje aos nacionalistas com conhecimento técnico e cientifico a transmitirem o seu legado às novas gerações, por forma a perspectivarem o futuro com a experiência do passado.

  • 30/01/2019 19:38:46

    Governante destaca papel da igreja no resgate dos valores morais e cívicos

    Menongue - A vice-governadora do Cuando Cubango para o sector Político, Social e Económico, Sara Luísa Mateus, reconheceu hoje, nesta cidade, o papel da igreja no resgate dos valores morais e cívicos e na construção de uma sociedade unida nos ideais de amor ao próximo, fraternidade e irmandade.

  • 09/01/2019 18:25:02

    MPLA quer mais empenho dos militantes

    Menongue - O primeiro secretário provincial do MPLA no Cunbado Cubango, Pedro Mutindi, defendeu terça-feira, em Menongue, a necessidade dos militantes desta formação política empenharem-se na defesa dos principais interesses das populações.

  • 05/01/2019 17:08:00

    Destacada importância do 4 de Janeiro

    Menongue - O 4 de Janeiro de 1961, tornou-se num marco de referência incontornável, que impulsionou os angolanos para a Luta de Libertação Nacional, um valor histórico que deve ser transmitido às novas gerações para o contínuo reconhecimento.