Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

26 Agosto de 2018 | 16h37 - Actualizado em 27 Agosto de 2018 | 08h24

Militantes da OMA capacitadas sobre autarquias

Menongue - Pelo menos 36 militantes da Organização da Mulher Angolana (OMA) residentes em Menongue, capital do Cuando Cubango, foram capacitados, nesta sexta-feira, sobre o seu engajamento na participação das autarquias locais, previstas para 2020.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arquivo: Rosa Cacuhu - 1ª secretária provincial da OMA

Foto: Armândio Morais

A 1ª secretária da OMA no Cuando Cubango, Rosa Cacuhu, disse que o IIº seminário metodológico visou engradecer o empenho das militantes no cumprimento dos princípios que norteiam a organização, contribuindo assim para aumentar a unidade entre elas.

Recordou que as eleições autárquicas, previstas para o ano de 2020, serão realizadas primeira vez em Angola de forma faseada nos 146 municípios, em que as mulheres, que constituem a maioria da população, devem ser as maiores mobilizadoras.

De acordo com a 1ª secretária, desta forma as suas famílias poderão participar activamente neste processo, porque será com voto que se consolida a democracia.

“Em cada uma das fases e etapas reveste-se de uma importância estratégica a sensibilização e mobilização das mulheres para exercerem o seu direito de voto com um dever de cidadania”, precisou.

Avançou que a formação serviu igualmente para que as mulheres alcancem esta meta e levem os bons frutos conquistados para a mobilização do eleitorado, sobretudo nas autarquias que se avizinham.

Para a responsável, é necessário um maior empenho e protagonismo das dirigentes e quadros da OMA para que se possa dinamizar as estruturas e facilitar a criação de um banco de dados e divulgar as actividades da organização.

“Também é importante que se incentive a cobrança ou pagamento da quota como um dever de cada militante, dependendo da realidade de cada município”, defendeu a responsável da OMA.

A par do tema principal sobre a participação das mulheres nas autarquias locais, as presentes trataram igualmente da organização de quadros e finanças, de promoção e desenvolvimento da mulher, informação e novas tecnologias, bem como da solidariedade e aconselhamento jurídico.

Leia também
  • 01/11/2018 20:11:43

    Cunene acolhe acto nacional do 11 de Novembro

    Ondjiva - A cidade de Ondjiva, sede capital da província do Cunene, acolhe o acto central do 43ª aniversário da independência nacional, a assinalar no próximo dia 11 de Novembro.

  • 23/10/2018 15:02:51

    Decorre campanha de ingresso no MPLA

    Menongue - Pelo menos cinquenta e sete cidadãos ingressaram, na última segunda-feira, nas estruturas do MPLA na comuna do Dumbo, província do Cuando Cubango.

  • 17/10/2018 16:59:45

    Onze cidadãos estrangeiros da RDC detidos em Mavinga

    Menongue - Pelo menos 11 cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) foram detidos, nos últimos dias no município de Mavinga, província do Cuando Cubango, no âmbito da "Operação Transparência", que decorre em sete das 18 províncias do país.

  • 16/10/2018 17:57:16

    Presidente da Unita afirma que Angola precisa de definir um novo rumo

    Menongue - O presidente da Unita, Isaías Samakuva, defendeu segunda-feira, em Menongue, capital do Cuando Cubango, a necessidade de o país definir um novo rumo para alavancar o seu desenvolvimento sustentado, sem assimetrias no país.