Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

05 Setembro de 2018 | 07h49 - Actualizado em 05 Setembro de 2018 | 07h46

PR reage com profunda consternação ao acidente ferroviário

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, reagiu, terça-feira, com profunda consternação à colisão de dois comboios no trajecto Lubango-Moçâmedes, que provocou 18 mortos e 14 feridos, segundo o último balanço.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da República, João Lourenço

Foto: SACII

“Recebi com profunda consternação a notícia do acidente entre dois comboios que colidiram na rota Lubango-Namibe. Trata-se de um acontecimento trágico, em consequência do qual várias famílias perderam os seus entes queridos, sobre cuja memória me inclino com dor e tristeza”, escreveu o Presidente da República na sua página no Twitter.

A tragédia aconteceu quando uma das locomotivas ao serviço dos Caminho-de- Ferro de Moçâmedes (CFM), que transportava granito negro, colidiu com uma outra ao serviço de uma empresa chinesa de manutenção da via.

A colisão resultou de um erro de cálculo da distância entre as duas locomotivas, que circulavam na mesma linha férrea.

Esta é a primeira colisão de comboios no CFM desde que chegou pela primeira vez ao planalto da Huíla, a 31 de Maio de 1923. Trata-se, no entanto, de um segundo acidente. Em Fevereiro deste ano, uma composição de carga já havia descarrilado na zona da Mapunda, no Lubango, sem provocar vítimas.


 

Leia também
  • 05/09/2018 00:16:32

    Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P., incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos:

  • 04/09/2018 19:33:13

    Dívida com a China ronda USD 23 mil milhões

    Beijing (dos enviados especiais) - A dívida de Angola com a China ronda os 23 mil milhões de dólares norte-americanos (USD), anunciou nesta terça-feira, em Beijing, o ministro das Finanças, Archer Mangueira.

  • 04/09/2018 19:30:24

    China intensifica financiamento à África

    Beijing (dos enviados especiais) - A confirmação da vontade do Governo chinês de colocar à disposição dos países africanos 60 mil milhões de dólares norte-americanos marcou de forma simbólica a III Cimeira do Fórum de Cooperação China-África (FOCAC-2018).