Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Outubro de 2018 | 18h11 - Actualizado em 09 Outubro de 2018 | 18h11

Minint desmente questionamento sobre supostas execuções

Luanda - O Ministério do Interior (Minint) desmentiu, nesta terça-feira, informações segundo as quais o Presidente da República, João Lourenço, questionou ao ministro do sector, Ângelo da Veiga Tavares, na última sessão do Conselho de Segurança Nacional, sobre supostas execuções sumarias levadas a cabo pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em nota de imprensa, o Ministério do Interior esclarece que na agenda de trabalhos da referida reunião não constava qualquer ponto sobre o assunto.

No documento a que a Angop teve acesso hoje, Ministério do Interior apela à ponderação e serenidade dos cidadãos diante de algumas informações veiculadas, como no presente caso, cujo objectivo é manipular a opinião pública e descredibilizar as instituições do Estado e seus responsáveis.

O Ministério do Interior reitera o seu total engajamento na responsabilização disciplinar e criminal dos seus efectivos sempre que estiverem envolvidos em acções que  violem direitos dos cidadãos constitucionalmente consagrados.

O Conselho de Segurança Nacional é um órgão de consulta do Presidente da República para os assuntos relativos à condução da política e estratégia de Segurança Nacional.

São membros deste órgão o vice-presidente da República, os presidentes  da Assembleia Nacional, dos Tribunais Constitucional e Supremo e o Procurador-Geral da República.

Fazem igualmente parte os ministros de Estado e ministros indicados pelo Presidente da República, além de outras entidades que o Titular do Poder Executivo determinar.

Leia também
  • 05/02/2019 05:43:18

    Pinda Simão enaltece sacrifício dos nacionalistas

    Uíge - O governador provincial do Uíge, Pinda Simão, enalteceu o empenho dos heróis de 04 de Fevereiro, que deram à sua vida e consentiram sacrifícios para o alcance da independência nacional.

  • 05/02/2019 00:46:39

    Município de Camacupa ganha novas infraestruturas sociais

    Camacupa - A população do município de Camacupa, província do Bié, ganhou novas infra-estruturas sociais, inauguradas segunda-feira no quadro das celebrações do Dia do início da Luta Armada.

  • 04/02/2019 16:37:21

    Inauguração de vários empreendimentos marca 53º aniversário do início da Luta Armada

    Camanongue - A inauguração de um Jango para os antigos combatentes e veteranos da pátria e do Centro Infantil Comunitário (CIC), hoje, segunda - feira, na sede municipal de Camanongue, pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, marcou as comemorações do 53º aniversário do início da luta armada em Angola.

  • 04/02/2019 14:06:33

    Ministro pede união aos angolanos

    Cabinda - O ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, pediu nesta segunda-feira, em Cabinda, que os angolanos tenham união e força para vencer os desafios, seguindo o exemplo, a bravura e determinação dos heróis do 4 de Fevereiro de 1961.