Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Janeiro de 2019 | 17h49 - Actualizado em 09 Janeiro de 2019 | 20h16

Detectados mais de 50 processos falsos para atribuição de viaturas

Ondjiva - Cinquenta e sete processo de requerimentos falsos para devolução de viaturas foram detectados pela comissão técnica na província do Cunene, disse hoje, na região, o Procurador da República em exercício, Joaquim Panzo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dos 63 processos de reclamação que deram entrada na referida comissão para restituição de 83 viaturas, apenas seis estavam em conformidade, reforçou à Angop o magistrado.

No âmbito desta acção, esclareceu que foram já detidos três cidadãos, sendo dois nacionais e um estrangeiro, enquanto que os documentos falsos foram encaminhados para os Serviços de Investigação Criminal (SIC).

Estes indivíduos deverão ser responsabilizados criminalmente de forma a reduzir está tendência e descobrir-se a origem dos documentos, como títulos de propriedades, livretes e facturas emitidas antes do registo de importação dos veículos, disse.

Esclareceu que, neste momento, a morosidade de entrega das viaturas não é uma questão da comissão, mas dos importadores que tentam de várias formas ludibriar o possesso.

Joaquim Panzo alertou aos cidadãos que insistirem em apresentar documentos falsos, que  poderão ser constituídos arguidos por crime de falsificação de documentos.

Foram já restituídas a seus proprietários 18 viaturas para registo e matrícula, das 343 catalogadas e retidas há cinco anos ao abrigo dos Decretos Presidenciais, Nº 05/08 e 62/14, que proibia a entrada de viaturas no país com mais de três anos de uso, bem como a circulação de viaturas com o volante à direita.

O Decreto Presidencial, assinado no dia 18 de Junho de 2018, pelo Presidente, João Lourenço, revogou tais instrumentos legais e volta a permitir a importação de viaturas com seis e dez anos de uso.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 02/02/2019 19:21:13

    Cunene: SME expulsa estrangeiros por irregularidade migratória

    Ondjiva - Quatro cidadãos namibianos e um centro-africano , em situação migratória ilegal na província do Cunene, foram expulsos do país nos últimos sete dias, através do posto fronteiriço de Santa-Clara.

  • 30/01/2019 18:28:47

    Recomendada tradução dos manuais sobre direitos humanos

    Ondjiva - A tradução dos manuais e folhetos informativos sobre os direitos humanos em línguas nacionais foi recomendada esta quarta-feira, em Ondjiva (Cunene), pelos membros do Comité de Direitos Humanos na região.

  • 28/01/2019 13:46:07

    Governo busca soluções para combate à seca no Cunene

    Ondjiva - O governo angolano está a avaliar a seca no Cunene, um problema cíclico que afecta, pelo menos, 284 mil 780 pessoas, numa região que tem 990 mil e 87 habitantes.

  • 27/01/2019 16:31:34

    SME regista aumento de 688 movimento migratório no Cunene

    Ondjiva - Catorze mil e 432 movimentos migratórios, de nacionais e estrangeiros, foram registados nos últimos sete dias, na fronteira com Angola/Namíbia, pelo Serviço de Migração Estrangeiro (SME) no Cunene, com o acréscimo de 688 em relação a igual período anterior.