Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Janeiro de 2019 | 17h57 - Actualizado em 09 Janeiro de 2019 | 20h19

Diplomata chinês exorta concidadãos a absterem-se de práticas criminosas

Lubango - O ministro conselheiro da Embaixada da China em Angola, Li Bin, exortou hoje, quarta-feira, no Lubango, a comunidade chinesa na região a manter uma boa postura e ajudar o governo angolano a resolver os vários problemas, ao invés de se envolverem em delitos que mancham a imagem do povo chinês.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Li Bin, que falava à margem da inauguração de uma exposição fotográfica (composta por 25 quadros)  alusiva aos 36 anos de relações diplomáticas com Angola, disse que a embaixada tomou conhecimento oficial de vários crimes, que considera reprováveis. No entanto, não  revelou o número de chineses envolvidos em delitos como corrupção e branqueamento de capitais.

Garantiu que os cidadãos chineses envolvidos práticas criminais, além de serem autuados pela justiça angolana, depois de repatriados também respondem em juízo na China, tendo referido que a embaixada está orientada a responsabilizar os infractores.

“A Embaixada da China está a trabalhar, arduamente, com o Ministério do Interior de Angola, no intuito de desencorajar tais práticas nocivas e puníveis ao abrigo da lei angolana e chinesa”, disse.

Fez saber que a representação diplomática está a desenvolver acções de troca de informações com apoio da Polícia Nacional (PN), para prevenir a entrada ilegal de chineses  no território angolano, bem como a denúncia de criminosos para repatriamento imediato e  “com medidas severas”.

Leia também
  • 06/02/2019 03:02:01

    Presidente italiano inicia programa de visita a Angola

    Luanda - O Presidente da Itália, Sergio Mattarella, inicia hoje, quarta-feira, o programa de visita a Angola com um encontro à porta fechada como o seu homólogo angolano, João Lourenço.

  • 05/02/2019 22:46:17

    Angola e Suécia querem ampliar oportunidades de negócios

    Estocolmo - Empresários, diplomatas e representantes de sectores oficiais de fomento comercial de Angola e da Suécia participam, quinta-feira, em um seminário de negócios denominado “Tempo para aumentar as actividades de negócios em Angola”, que terá lugar na capital sueca (Estocolmo), com objectivo de ampliar a oportunidades de negócios.

  • 05/02/2019 19:56:08

    PR italiano já em Luanda para visita de três dias

    Luanda - O Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella, encontra-se desde as primeiras horas da noite de hoje (dia 05) em Luanda, a convite do homólogo angolano, João Lourenço, para, entre outros assuntos, analisar e aprofundar as relações bilaterais com Angola.

  • 05/02/2019 17:02:49

    RDC considera legítima protecção da riqueza de Angola

    Luanda - O Presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, reconheceu, nesta terça-feira, em Luanda, legitimidade de Angola na protecção da sua riqueza, face à exploração de estrangeiros ilegais.