Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

08 Janeiro de 2019 | 00h01 - Actualizado em 08 Janeiro de 2019 | 00h01

Governador do Cunene quer mais mulheres nos órgãos de direcção

Ondjiva - O governador do Cunene, Vigílio Tyova, defendeu nesta segunda-feira,em Ondjiva, a necessidade de incluir mais mulheres nos órgãos de direcção e chefia na província, para maior afirmação e equilíbrio do género na estrutura do governo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O governante que falava no acto de empossamento de cinco administradores municipais, dos seis que compõem a província, disse que essa intenção já começou, pois dos novos administradores municipais empossados, duas são mulheres e é, necessário que se dê mais oportunidade a elas.

 A entrada de mais mulheres a nível das estruturas do governo vai continuar a nível de órgãos de direcção e chefia do governo local, pois entende que a representação masculina nos cargos de chefia é ainda grande, apesar de as mulheres serem a maioria na população do país.

Na sua óptica, é necessário a presença das mulheres nos altos cargos de governação, de modo a alcançar a igualdade do género em todos sectores e cumprir com o objectivo estratégico do governo.

Aos recém -empossado desejou mais trabalho, dedicação e cumprimento das tarefas, assim como absterem-se de práticas que lesam o interesse público.

Vigílio Tyova aconselhou que as prioridades devem recair para a resolução da problemática da falta de água a nível dos municípios, por ser um bem de capital importância para à população, animais e na produção agrícola.

Isso será através da construção e reabilitação de pequenos sistema abastecimento de água, abertura de chimpacas e furos de água, referiu.

Entre os recém empossados, constam os administradores municipais do Cuanhama, Eugénio Sérgio Ndamenapossi, Cuvelai, Germano Nambalo, Cahama, Maria de Lurdes de Oliveira, Curoca, Bambi Kaeni dos Santos, Namacunde, Isabel Ndesiyafela e o chefe de departamento de Estudo Estatística do gabinete de Planeamento Anselmo Sobrinho.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 02/02/2019 19:21:13

    Cunene: SME expulsa estrangeiros por irregularidade migratória

    Ondjiva - Quatro cidadãos namibianos e um centro-africano , em situação migratória ilegal na província do Cunene, foram expulsos do país nos últimos sete dias, através do posto fronteiriço de Santa-Clara.

  • 30/01/2019 18:28:47

    Recomendada tradução dos manuais sobre direitos humanos

    Ondjiva - A tradução dos manuais e folhetos informativos sobre os direitos humanos em línguas nacionais foi recomendada esta quarta-feira, em Ondjiva (Cunene), pelos membros do Comité de Direitos Humanos na região.

  • 28/01/2019 13:46:07

    Governo busca soluções para combate à seca no Cunene

    Ondjiva - O governo angolano está a avaliar a seca no Cunene, um problema cíclico que afecta, pelo menos, 284 mil 780 pessoas, numa região que tem 990 mil e 87 habitantes.

  • 27/01/2019 16:31:34

    SME regista aumento de 688 movimento migratório no Cunene

    Ondjiva - Catorze mil e 432 movimentos migratórios, de nacionais e estrangeiros, foram registados nos últimos sete dias, na fronteira com Angola/Namíbia, pelo Serviço de Migração Estrangeiro (SME) no Cunene, com o acréscimo de 688 em relação a igual período anterior.