Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

05 Fevereiro de 2019 | 12h45 - Actualizado em 06 Fevereiro de 2019 | 10h25

Angola defende maior impulso na cooperação com RDC

Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, disse esperar que o novo governo da República Democrática do Congo (RDC) possa dar uma nova dinâmica aos projectos de cooperação existentes entre os dois países.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Manuel Augusto- Ministro da Relações Exteriores da Angola

Foto: Alberto Juliao

O diplomata angolano fez esse pronunciamento à Rádio Nacional de Angola a propósito da visita a Angola, nesta terça-feira, a primeira ao estrangeiro do Chefe de Estado da RDC, Félix Tshisekedi, investido no cargo a 24 de Janeiro.

Considerou essencial a complementaridade das duas economias e potencialidades, o que permite racionalizar custos e meios.

O ministro acredita que o Caminho-de-Ferro de Benguela, ligado ao Porto do Lobito, pode ser um dos instrumentos decisivos para o desenvolvimento da indústria mineira da RDC, com benefício para Angola.

Manuel Augusto admitiu a possibilidade de a electrificação de Cabinda ser assegurada a partir da capacidade energética da RDC, que possui uma das maiores barragens hidroeléctricas do continente africano, Inga.

O chefe da diplomacia angolana considerou essencial a troca de experiências entre os dois Estados, e racionalizar a partilha da exploração do rio Zaire, um dois maiores de África.

O quinto Presidente da RDC completa 56 anos  a 3 de Junho deste ano.

Félix Tshisekedi será recebido pelo homólogo João Lourenço, com quem manterá um encontro em privado, seguido de um almoço oficial.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), no III Trimestre de 2017, a RDC foi o segundo maior destino das exportações de Angola, no comércio entre os africanos só atrás da África do Sul, com um total de 4.403 milhões de kwanzas.

No II Trimestre, a cifra foi de 4.421 milhões. Estes valores ficaram, todavia, muito aquém das trocas do III Trimestre de 2016 que se fixaram nos 9.215 milhões de kwanzas, segundo a AGT.

Os dados mais recentes situam em 35 mil milhões de dólares o Produto Interno Bruto da RDC. Já Angola detém um PIB de 89 mil milhões.

Assuntos Cooperação   MIREX  

Leia também
  • 06/02/2019 03:02:01

    Presidente italiano inicia programa de visita a Angola

    Luanda - O Presidente da Itália, Sergio Mattarella, inicia hoje, quarta-feira, o programa de visita a Angola com um encontro à porta fechada como o seu homólogo angolano, João Lourenço.

  • 05/02/2019 22:46:17

    Angola e Suécia querem ampliar oportunidades de negócios

    Estocolmo - Empresários, diplomatas e representantes de sectores oficiais de fomento comercial de Angola e da Suécia participam, quinta-feira, em um seminário de negócios denominado “Tempo para aumentar as actividades de negócios em Angola”, que terá lugar na capital sueca (Estocolmo), com objectivo de ampliar a oportunidades de negócios.

  • 05/02/2019 19:56:08

    PR italiano já em Luanda para visita de três dias

    Luanda - O Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella, encontra-se desde as primeiras horas da noite de hoje (dia 05) em Luanda, a convite do homólogo angolano, João Lourenço, para, entre outros assuntos, analisar e aprofundar as relações bilaterais com Angola.

  • 05/02/2019 17:02:49

    RDC considera legítima protecção da riqueza de Angola

    Luanda - O Presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, reconheceu, nesta terça-feira, em Luanda, legitimidade de Angola na protecção da sua riqueza, face à exploração de estrangeiros ilegais.