Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

06 Fevereiro de 2019 | 18h11 - Actualizado em 06 Fevereiro de 2019 | 18h39

Emmanuel Macron visita Angola em 2019

Luanda - O embaixador de França acreditado em Angola, Sylvian Itté, anunciou para final de 2019 ou princípio de 2020 a primeira visita do Chefe de Estado francês, Emmanuel Macron, ao país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Embaixador de França em Angola, Sylvian Itté (arquivo)

Foto: Lino Guimarães

O diplomata informou que, no período que vai até a concretização da visita de Estado, estão previstos vários encontros entre actores económicos e políticos dos dois países.

Segundo Sylvian Itté, que falava numa conferência de imprensa no quadro do Fórum Empresarial Angola-França, na esteira desta perspectiva a embaixada de França já trabalha na preparação dos pormenores da visita.

É neste quadro que está previsto, a curto prazo, uma visita à França do ministro angolano das Relações Exteriores, Manuel Augusto.

Recordou que, durante a visita do Presidente João Lourenço à França, em Maio do ano transacto, os dois países rubricaram uma declaração que prevê uma visita anual a nível ministerial e permanente diálogo político.

No quadro do reforço das relações de cooperação bilateral, está acertada a vinda a Angola do ministro francês da Agricultura, nos primeiros dias de Abril próximo.

As relações entre Angola e França tiveram início em Janeiro de 1977.

Existem cerca de 70 empresas francesas a operar no mercado angolano e cerca de dois mil e 500 cidadãos franceses trabalham em Angola.

A companhia petrolífera francesa Total é um dos mais importantes produtores de petróleo presentes em Angola.

As empresas francesas estão igualmente presentes no sector não-petrolífero. A Castel é um dos accionistas maioritários da cervejeira angolana Cuca.

Assuntos Cooperação   Diplomacia  

Leia também
  • 06/02/2019 20:09:49

    Itália vai reabilitar Hospital Divina Providência

    Luanda - O Hospital Divina Providência vai beneficiar de obras de reabilitação e ampliação, anunciou esta quarta-feira, em Luanda, o Presidente italiano, Sergio Mattarella, no término da sua visita à instituição.

  • 06/02/2019 15:31:35

    Sergio Mattarella elogia papel pacifista de Angola

    Luanda - O Presidente italiano, Sergio Mattarella, elogiou, nesta quarta-feira, em Luanda, o papel fundamental de Angola em prol da estabilidade do continente africano e do entendimento com outros países.

  • 06/02/2019 03:02:01

    Presidente italiano inicia programa de visita a Angola

    Luanda - O Presidente da Itália, Sergio Mattarella, inicia hoje, quarta-feira, o programa de visita a Angola com um encontro à porta fechada como o seu homólogo angolano, João Lourenço.