Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

05 Fevereiro de 2019 | 12h06 - Actualizado em 05 Fevereiro de 2019 | 17h47

Tshisekedi já em Angola na primeira visita de Estado

Luanda - O Presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, chegou na manhã desta terça-feira (dia 05) a Luanda, para uma visita oficial e de trabalho de algumas horas, marcando o início da sua agenda externa, desde a investidura ao cargo no dia 24 de Janeiro.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Presidente da RDC, Félix Tshisekedi chega a Luanda recebido pelo ministro do MIREX, Manuel Augusto

Foto: Santos-Pedro

Presidente da RDC, Félix Tshisekedi chega a Luanda recebido pelo ministro do MIREX, Manuel Augusto

Foto: Santos-Pedro

Tshisekedi veio a Angola a convite do seu homólogo angolano, João Lourenço, tendo recebido, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, cumprimentos de boas-vindas do ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, e do governador de Luanda, Luther Rescova.

Depois de saudar também os distintos membros do Executivo Angolano, o novo presidente da RDC dirigiu-se a centenas de concidadãos seus presentes na parte exterior do aeroporto.

O Chefe de Estado congolês democrata, que ainda hoje regressa ao seu país, será recebido no Palácio Presidencial, por João Lourenço, com quem manterá um encontro em privado, seguido de um almoço oficial, de acordo com uma nota da Casa Civil do Presidente da República.

Félix Tshisekedi venceu as eleições gerais da RDC, com 38,57 porcento dos votos, contra 34,83 de Fayulu e 23,84 porcento de Emmanuel Ramazani Shadary, o candidato governamental, tendo sido confirmado a 20 de Janeiro de 2019 pelo Tribunal Constitucional local.

O mesmo nasceu em Léopoldville (actual Kinshasa), a 13 de Junho de 1963 e torna-se no quinto Presidente daquele país. É o líder da União para a Democracia e o Progresso Social (UDPS), até então o maior e mais antigo partido da oposição daquele país vizinho e pais a RDC.  

Filho do falecido Étienne Tshisekedi, três vezes primeiro-ministro do ex-Zaíre e líder da oposição, Tshisekedi foi o candidato do partido da UDPS nas eleições gerais de Dezembro de 2018, tendo recentemente nomeado o seu parceiro de coligação, Vital Kamerhe, como seu chefe de gabinete.  

As Repúblicas de Angola e Democrática do Congo são membros da Comunidade de Países da África Austral (SADC) e da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL), cooperando ambos em vários domínios há mais de duas décadas.

No âmbito do reforço das relações bilaterais, os dois Estados assinaram a 18 de Julho de 2018, em Cabinda, o Acordo-quadro de cooperação no domínio de energia, que vai viabilizar a construção da linha de transporte de energia de 220 KV, da barragem do Inga àquela província do norte de Angola.

Foram signatários do acordo, os ministros da Energia e Águas de Angola, João Baptista Borges e da Energia e Recursos Hídricos da República Democrática do Congo (RDC), Ingele Ifoto.

A linha de transporte de energia partirá da barragem do Inga-RDC e passará pelas vilas congolesas de Boma e Muanda e posteriormente para o território angolano de Cabinda numa extensão de 179,4 km na RDC e 47,5 quilómetros em Angola, para o benefício dos dois povos.

Em Junho de 2016, o embaixador da RD C em Angola, Gustave Beya Siku, considerou as relações bilaterais de “bastante profícuas”, tendo sido o país vizinho (em 2017) o segundo maior destino das exportações de Angola, no comércio entre os africanos só atrás da África do Sul, com um total de 4.403 milhões de kwanzas.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), no III Trimestre de 2017, a RDC foi o segundo maior destino das exportações de Angola, no comércio entre os africanos só atrás da África do Sul, com um total de 4.403 milhões de kwanzas.

Estes valores ficaram, todavia, muito aquém das trocas do III Trimestre de 2016 que se fixaram nos 9.215 milhões de kwanzas, segundo a Administração Geral Tributária (AGT).

Os dados mais recentes situam em 35 mil milhões de dólares o Produto Interno Bruto da RDC. Já Angola detém um PIB de 89 mil milhões. A África do Sul, que é a maior economia da região Austral, detém um PIB de 294 mil milhões.

O caminho-de-ferro de Benguela e o Porto do Lobito são dois eixos estratégicos que deverão impulsionar a cooperação político-económica entre Angola e o Congo Democrático, um facto notado em Março de 2018, com a chegada nesta unidade portuária de um comboio saído da RDC.

Tratou-se de um primeiro carregamento de 25 vagões levando consigo 50 contentores de 20 pés com mil toneladas de manganês, oriundos da região de Kisenge, província de Katanga (RDC), com destino às Repúblicas da Índia e Popular da China.

Assuntos Cooperação  

Leia também
  • 05/02/2019 17:02:49

    RDC considera legítima protecção da riqueza de Angola

    Luanda - O Presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, reconheceu, nesta terça-feira, em Luanda, legitimidade de Angola na protecção da sua riqueza, face à exploração de estrangeiros ilegais.

  • 05/02/2019 15:54:26

    PR prioriza cooperação com RDC

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, apontou hoje, terça-feira, como prioridades a cooperação nos domínios da segurança e economia com a República Democrática do Congo (RDC).

  • 05/02/2019 12:45:03

    Angola defende maior impulso na cooperação com RDC

    Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, disse esperar que o novo governo da República Democrática do Congo (RDC) possa dar uma nova dinâmica aos projectos de cooperação existentes entre os dois países.