Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

06 Fevereiro de 2019 | 14h51 - Actualizado em 06 Fevereiro de 2019 | 20h37

PR quer mais investimento italiano

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, reafirmou nesta quarta-feira, em Luanda, a importância de Angola e a Itália diversificarem os investimentos e a cooperação bilateral, que se restringe aos sectores da saúde, agricultura, educação, transportes, petróleos e da defesa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

PR João Lourenço (à dir.) com homólogo da Itália, Sergio Matarella

Foto: Pedro Parente

Presidente da República, João Lourenço

Foto: Pedro Parente

Os dois países têm trocas comerciais avaliadas em USD 1.341 milhões, das quais 1.1 mil milhão correspondem às exportações de Angola para a Itália, maioritariamente em produtos petrolíferos, e 341 milhões às importações de Angola, baseadas em máquinas e equipamentos da Itália.

Segundo o Chefe de Estado angolano, que falava  à imprensa, à margem de um encontro em privado com o homólogo italiano, nos últimos 12 meses houve melhorias significativas no ambiente de negócios em Angola, razão por que encoraja um maior investimento italiano.

Disse que a questão da cooperação económica mereceu atenção especial no encontro, realizado no quadro da visita do estadista italiano, a decorrer até quinta-feira (07).

O Chefe de Estado angolano destacou o papel da petrolífera italiana ENI e manifestou o desejo de ver companhias italianas de outros ramos da economia a operarem em Angola.

Angola e Itália têm relações de cooperação desde 1977, altura em que assinaram um memorando que institui a Comissão Bilateral, então Comissão Mista de Cooperação, seguido da subscrição de outros instrumentos jurídicos.
 
Destes instrumentos jurídicos subscritos, destacam-se nos domínios da defesa e segurança internacional, colaboração em operações humanitárias e de apoio à paz, desminagem e assistência médica e medicamentosa.
 
Angola é actualmente o terceiro parceiro comercial da África sub-sahariano da Itália. Em 2013, o valor total de comércio entre os dois países elevou-se a 891 milhões de Euros, com 348 milhões de Euros feitos através das exportações Italianas.

A Itália foi o primeiro país da Europa Ocidental a reconhecer a independência de Angola, no dia 18 de Fevereiro de 1976.

Leia também
  • 06/02/2019 20:09:49

    Itália apoia reabilitação do hospital Divina Providência

    Luanda - O Hospital Divina Providência vai beneficiar de obras de reabilitação e ampliação, anunciou esta quarta-feira, em Luanda, o Presidente italiano, Sergio Mattarella, no término da sua visita à instituição.

  • 06/02/2019 16:39:19

    Íntegra do discurso do Presidente João Lourenço

    Luanda - Íntegra do discurso do Presidente da República, João Lourenço, pronunciado nesta quarta-feira, durante um almoço oficial oferecido ao homólogo italiano, Sergio Mattarella.

  • 06/02/2019 03:02:01

    Presidente italiano inicia programa de visita a Angola

    Luanda - O Presidente da Itália, Sergio Mattarella, inicia hoje, quarta-feira, o programa de visita a Angola com um encontro à porta fechada como o seu homólogo angolano, João Lourenço.