Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

15 Fevereiro de 2019 | 20h33 - Actualizado em 15 Fevereiro de 2019 | 20h33

CASA-CE quer recuperar fulgor

Luanda - A Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE) quer recuperar o fulgor, que a elevou como a terceira força política do país em menos de dez anos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Há mais de um ano a coligação passa por divergências internas que tem estado a perigar a solidez dessa força criada pelo dissidente da UNITA Abel Chivukuvuku, no ano de 2012.

Precisamos inverter esse quadro e tornar a coligação numa “máquina política” que possa corresponder aos desafios das eleições autárquicas (2020) e das eleições gerais (2022), afirmou nesta sexta-feira o coordenador para a Assuntos  Políticos e Revitalização, Manuel Fernandes.

À margem da tomada de posse de novos secretários provinciais, Manuel Fernandes foi questionado sobre o abandono de alguns membros da coligação, tendo salientado que os dissidentes não se reviam no novo contexto da CASA-CE.

Relativamente ao empossamente, disse marcar o início de um projecto que tem como uma das metas as eleições autárquicas de 2020.

Integram a CASA-CE, os partidos de Aliança Livre de Maioria Angolana (PALMA), de Apoio para Democracia e Desenvolvimento de Angola – Aliança Patriótica (PADDA-AP), Pacífico Angolano (PPA) e Nacional de Salvação de Angola (PNSA).

A coligação está representada na Assembleia Nacional por 16 de deputados. O Parlamento angolano tem 220 representantes.

Assuntos Angola   CASA-CE  

Leia também
  • 15/02/2019 17:46:09

    Angola anseia solução negociada na Venezuela

    Luanda - O Governo angolano anseia que, através do diálogo, se chegue à uma solução pacífica para se ultrapassar a actual crise política na Venezuela, ressaltou esta sexta-feira, em Luanda, o ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto.

  • 15/02/2019 16:53:02

    Dirigente luso ressalta crescimento das exportações de Angola para Portugal

    Luanda - As exportações de Angola para Portugal cresceram consideravelmente nos últimos tempos, facto que torna a cooperação bilateral equilibrada, declarou esta sexta-feira, em Luanda, o ministro dos Negócios Estrangeiros luso, Augusto Santos Silva.

  • 15/02/2019 14:46:09

    PR reúne-se com chefe da diplomacia lusa

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, reuniu-se hoje, sexta-feira, com o ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, a fim de preparar a visita do Chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, a Angola, marcada para Março próximo.