Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

15 Fevereiro de 2019 | 15h44 - Actualizado em 15 Fevereiro de 2019 | 15h44

Delegação multi-sectorial avalia equipamentos sociais da centralidade do Lossambo

Huambo - Uma delegação multi-sectorial, encabeçada pelo ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, avaliou hoje, sexta-feira, as condições de funcionamento dos equipamentos sociais da centralidade do Lossambo, arredores da cidade do Huambo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vista parcial da centralidade

Foto: Angop (arquivo)

Esta constatação, insere-se no âmbito do novo estatuto orgânico das centralidades, de acordo a Lei 13/16 (lei de base da organização administrativa), que estabelece as bases para a organização do território da República de Angola, para fins político-administrativo e designação, criação, classificação e progressão das unidades urbanas e outras aglomerações populacionais.

A atribuição de uma nova categoria à centralidade do Lossambo, inaugurada em Abril de 2017, visa, sobretudo, facilitar a designação desse espaço territorial, se pode ser uma cidade, vila ou distrito urbano e, consequentemente, criar-se a comissão administrativa para uma melhor gestão, visando a melhoria da qualidade de vida e do bem-estar dos moradores.

Para o efeito, a delegação multi-sectorial inteirou-se do funcionamento do posto policial local, da escola primária, com 24 salas de aula, o sistema de captação e tratamento de águas residuais, o centro de saúde e a central térmica, assim como a ravina em progressão.

Com 2009 habitações, do tipo T3, a mesma contempla, igualmente, 90 lojas, um sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável, uma escola do I ciclo e outra do II ciclo, ambas do ensino secundário, num total de 24 salas, e duas quadras desportivas, um jardim-de-infância, três creches, assim como seis quilómetros de acessos viários entre a centralidade e a cidade do Huambo.

Integram a delegação multi-sectorial os secretários de Estado da Saúde, Educação, Pescas, Acção Social, Pescas, Energia e Águas, Construção e do Interior, além de representantes dos ministérios das Finanças e do Comércio.

Além da visita à centralidade do Lossambo, a comitiva, que regressa no domingo à capital do país (Luanda), vai orientar reuniões de trabalho nas administrações municipais do Huambo, Caála e Cachiungo.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também