Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

16 Fevereiro de 2019 | 14h58 - Actualizado em 16 Fevereiro de 2019 | 14h57

Hospital Geral retoma cirurgias a cataratas

Luanda - O Hospital Geral de Luanda retoma no próximo domingo, 17 de Fevereiro, os ciclos de operações cirúrgicas a pacientes com cataratas, anunciou, neste sábado, na capital angolana, o director daquela unidade hospitalar, Carlos Zeca.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Hospital Geral de Luanda

Foto: Pedro Parente

Director do Hospital Geral de Luanda, Carlos Zeca

Foto: Pedro Parente

Em declarações à imprensa, no final de uma visita do Presidente da República, João Lourenço, àquele hospital, explicou que o processo vai decorrer até ao dia 23 deste mês e está prevista a realização de 400 cirurgias a cataratas.

Esclareceu, no entanto, que a prioridade será dada a pacientes que participaram do processo de triagem, em 2018, período em que foram feitas cerca de 200 cirurgias, das 719 consultas, com a cooperação de médicos espanhóis.

Esta será a quinta vez que médicos especialistas estrangeiros vêm à Angola com este   propósito, depois de já o terem feito em 2014, 2015 e 2018 (Luanda) e 2016 (Namibe).

A campanha conta  com apoios da Fundação Elena Barraquer, da Oshen Healthcare e do ABO Capital, instituições comprometidas com o desenvolvimento de serviços e infra-estruturas de cuidados de saúde nos países onde operam, em particular na capital angolana, onde detêm o Centro Médico Internacional (CMI).

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que mais de 50 por cento da população acima dos 65 anos tem cataratas. Esta patologia é ainda a causa de 48 por cento dos casos de cegueira no mundo.

Muitos países ainda não dispõem dos recursos médico-cirúrgicos necessários para a sua remoção.

Leia também
  • 16/02/2019 18:24:30

    PR dará atenção especial à Saúde - Ministra

    Luanda - A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, afirmou, neste sábado, na capital angolana, que o Presidente da República, João Lourenço, dará atenção especial à questão do reforço dos técnicos do sector, para melhorar a qualidade dos serviços.

  • 16/02/2019 16:48:00

    MINSA quer rever processo de privatização da Angomédica

    Luanda - O Ministério da Saúde (MINSA) deverá despoletar os mecanismos legais para que a Angomédica (fábrica de medicamentos) volte a constituir património do Estado, cujo processo de privatização foi pouco claro, informou este sábado, em Luanda, a ministra Sílvia Lutucuta.

  • 16/02/2019 14:48:49

    Hospital Geral de Luanda melhora serviços

    Luanda - Uma dotação de USD 1 milhão e 500 será aplicada, este ano, na aquisição de novos equipamentos e na melhoria dos serviços de assistências aos pacientes do Hospital Geral de Luanda (HGL).