Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Fevereiro de 2019 | 13h58 - Actualizado em 12 Fevereiro de 2019 | 13h49

ONU reiteira apoio a Angola no combate ao crime

Luanda - O coordenador residente do Sistema das Nações Unidas em Angola, Paolo Balladelli, reiterou hoje, terça-feira, em Luanda, a disponibilidade da Agência das Nações Unidas para o Combate ao Crime e às Drogas (UNODC) em continuar a apoiar o país no combate ao financiamento ilícito, ao crime organizado internacional e à corrupção.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Coordenador residente do Sistema das Nações Unidas em Angola, Paolo Balladelli

Foto: Alberto Julião

Paolo Balladelli, que falava na abertura do workshop nacional sobre a Convenção Internacional para a Supressão de Actos de Terrorismo Nuclear, sublinhou que o apoio da UNODC vai se estender ao combate aos fluxos financeiros ilícitos e ao crime organizado internacional.

Por sua vez, o secretário de Estado para a Energia, António Belsa da Costa, afirmou que com a ajuda da Agência Internacional de Energia Atómica, o país tem beneficiado da capacitação e transferência tecnológica de quadros.

Trata-se de uma acção realizada por via de projectos de cooperação técnica nos domínios da inspecção de instalações, licenciamento de instalações, prevenção e mitigação de incidentes radiológicas, bem como práticas associadas.

Para o efeito, disse, o Executivo angolano elaborou e promulgou a Lei 04/07 de 5 de Setembro, sobre Energia Atómica, e criou o órgão para preparar as infra-estruturas e elaborar uma legislação sobre o sector.

O encontro, com duração de dois dias, visa promover a universalização e implementação da “Convenção Internacional para a Supressão de Actos de Terrorismo Nuclear” e da “Convenção sobre a Protecção Física de Material Nuclear”.

A iniciativa decorre no quadro do programa da UNODC para a região do Sul de África. O foco é tornar essa região livre de drogas, crime e terrorismo.

Assuntos Angola   Cooperação  

Leia também
  • 12/02/2019 15:41:52

    PR recebe missiva de homólogo namibiano

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, recebeu hoje, terça-feira, uma mensagem do seu homólogo namibiano, Hage Geingob.

  • 12/02/2019 15:30:51

    Guiné Conacry elogia modelo de paz social de Angola

    Luanda - O embaixador-cessante da Guiné Conacry em Angola, Djigui Camara, destacou nesta terça-feira que o modelo de implantação de paz social e política em Angola devia ser seguido por muitos países africanos.

  • 12/02/2019 14:49:41

    Embaixador chinês anuncia novos investimentos para Angola

    Luanda - O embaixador-cessante da China em Angola, Cui Aimin, anunciou nesta terça-feira o interesse do seu país em promover um novo ciclo de investimentos, para apoiar o desenvolvimento económico e social do parceiro africano.