Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

08 Novembro de 2019 | 00h06 - Actualizado em 08 Novembro de 2019 | 08h36

Adalberto Júnior quer Unita dinâmica e congregadora

Ondjiva - O candidato ao alto cadeirão da Unita, Adalberto da Costa Júnior, defendeu quinta-feira em Ondjiva, província do Cunene, a necessidade de tornar o partido forte, dinâmico e congregador para sair vencedor nos futuros desafios do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Móxico: Candidato à Presidência do Partido da UNITA, Adalberto Costa Júnior.

Foto: kinda kyungu

Ao falar durante um encontro que marcou a apresentação do seu manifesto eleitoral aos militantes no Cunene, o político disse caso for eleito presidente da Unita assumira uma postura e responsabilidade moral que  tornará o partido mais congregador.

Informou que o trabalho no partido deve ser na base da inclusão e não com imposições, por isso deve-se contar com as contribuições e opiniões de todos para o crescimento e fortalecimento da sua estrutura partidária.

“As múltiplas candidaturas à liderança do partido no XIII congresso ordinário da UNITA, a decorrer nos dias 13 a 15 de Novembro, reafirma a plenitude da democracia que é uma das prioridades do seu mandato, bem como a defesa dos princípios de Muangai de 1961 e a educação e preparação política dos jovens”, afirmou.

Disse que a sua aposta recai ainda na reabertura do Centro de Estudo Comandante Kapesse Kafundanga, da Fundação Jonas Malheiro Savimbe, para permitir a formação das futuras lideranças do partido reciclagem regular dos quadros e dirigentes a vários níveis.

Adalberto da Costa Júnior sublinhou que esta aposta vai tornar os quadros mais competentes, honestos e dinâmicos para corresponder nos próximos desafios que são às eleições autárquicas prevista para 2020 e das eleições gerais de  2022.

A par de Adalberto da Costa Júnior, constam da lista de candidatos que concorrem à liderança da UNITA,  Alcides Sakala, Raúl Danda, José Kachiungoe e Abílio Kamalata Numa.
Destes saira o futuro presidente da UNITA, em substituição do presidente cessante, Isaías Samakuva, a ser eleito no XIII congresso ordinário do partido a decorrer nos dias 13 a 15 de Novembro, em Luanda.


 

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 30/10/2019 19:32:58

    Angola e Namíbia reforçam cooperação jurídica

    Ondjiva- A Procuradoria-Geral da República de Angola e a sua congénere da Namíbia pretendem reforçar as relações de cooperação em matéria penal, com vista à protecção dos cidadãos dos países.

  • 29/10/2019 20:47:07

    PGR namibiana quer reforço do combate ao tráfico de seres humanos

    Ondjiva - A Procuradora Geral da República da Namíbia, Olívia Imalwa, defendeu hoje, terça-feira, em Ondjiva (Cunene), o reforço das acções de combate ao tráfico de seres humanos por parte dos dois países, para se garantir a segurança na circulação das pessoas na fronteira.

  • 28/10/2019 12:42:14

    UNITA elege delegados para congresso ordinário

    Luanda - O XIII Congresso Ordinário da UNITA, a realizar-se de 13 a 15 de Novembro, em Luanda, terá a participação de 1.150 delegados oriundos de todas as províncias do país.