Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

07 Novembro de 2019 | 13h27 - Actualizado em 07 Novembro de 2019 | 17h45

PR apela à unidade no combate à corrupção

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, apelou nesta quinta-feira, em Luanda, à unidade de acção no combate à corrupção e ao nepotismo, duas das bandeiras da sua governação.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da República, João Lourenço

Foto: Pedro Parente

Na cerimónia de condecoração de membros da sociedade civil, atletas, antigos combatentes e membros do governo, o Chefe de Estado angolano sublinhou que na luta contra a corrupção a garantia da vitória reside na unidade de acção entre as diferentes forças vivas da Nação.

No acto, que decorreu no Palácio Presidencial, João Lourenço afirmou que nenhuma instituição é suficientemente forte para sozinha vencer essa batalha, “nem o Executivo, nem os órgãos de investigação criminal, nem o Ministério Público, nem os órgãos da Justiça, se não tiverem o concurso da sociedade civil”.

Sublinhou que, depois de difíceis anos do conflito armado e de reconhecimento a políticos e militares que se distinguiam nas frentes de batalha, se homenageia um grupo de cidadãos que constitui exemplo aos que enveredam para o empreendedorismo, contribuindo para o aumento da produção nacional de bens e de serviços, assim como de empregos.

“Bravos são aqueles que ao invés de se lamentarem internamente das dificuldades existentes fazem delas oportunidades para vencer na vida, arregaçam as mangas e vão à luta pelo pão para as suas famílias sem dependerem necessariamente de um patrão”, salientou.

Para o Chefe de Estado, Angola está a mudar para melhor em muitos domínios, como o do respeito aos direitos e liberdades fundamentais do cidadão, combate ao nepotismo, à impunidade e à corrupção.

Enalteceu o papel de quem "desde muito cedo teve a coragem de se bater contra a corrupção crescente, que acabou por se enraizar na nossa sociedade porque a super-estrutura dava mau exemplo e, por isso, não tinha moral para combater o monstro que ela própria criou e do qual se alimentava”.

O Presidente João Lourenço admitiu a possibilidade deste reconhecimento vir a ter “leitura e reacções díspares, a julgar pelos estereótipos criados ao longo do tempo, quando a corrupção era encarada como algo normal" para quem a praticava.

Entre os condecorados figuram o jornalista e activista cívico Rafael Marques, o escritor Sousa Jamba, os empresários Víctor Alves e Carlos Cunha, a bióloga Adjany Costa (prémio da ONU Jovens Campeões da Terra), as cantoras Clara Monteiro e Lourdes Van-Dúnem (esta a título póstumo), os vencedores das medalhas de ouro de vela em África e a campeã africana de xadrez, Luzia Pires, entre outros.

Leia também
  • 07/11/2019 12:17:20

    Angola contra alteração da ordem constitucional na Guiné-Bissau

    Luanda - Angola reiterou no Conselho de Paz e Segurança (CPS) da União Africana (UA) a sua condenação a qualquer alteração da ordem constitucional estabelecida na Guiné-Bissau, considerando o Governo liderado pelo Primeiro-Ministro Aristides Gomes como o único legítimo por estar respaldado pela vontade popular.

  • 07/11/2019 12:04:15

    PR confere posse a novos quadros

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, empossou nesta quinta-feira, em Luanda, o secretário de Estado do Ministério dos Transportes e três vice-governadores provinciais recém-nomeados.

  • 07/11/2019 09:02:42

    PR condecora personalidades e instituições angolanas

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, condecora nesta quinta-feira várias personalidades e instituições angolanas que lutaram pela independência nacional e pela construção do Estado angolano.